PROTESTANTE QUESTIONA O ESPIRITISMO, COM BASE EM INTERPRETAÇÕES LITERAIS DA BÍBLIA :



Caro Jefferson,

Nota-se que vc é um ferrenho defensor dessa teoria.

Seus argumentos baseados em fatos históricos podem até ser convincentes... Entretanto são fatos baseados em arbitrações humanas e interesses pessoais.

Da mesma forma que vc questiona muitas coisas, por que não questionar então, se a Igreja Católica e seus líderes estivessem errados a respeito da reencarnação... Será que foi algo que fora corrigido e que agora os fiéis são orientados de uma forma correta...?

Como estamos num país democrático, me dou o direito de discordar de sua posição. A Ressureição não tem nenhum paralelo com a reencarnação, não se misturam como água e óleo... Poderia colocar meus argumentos aqui, mas definitivamente a situação não é para isso, uma vez que não vai ser por causa das minhas convicções que vou mudar a sua opinião a respeito.

Entretanto gostaria de colocar a seguinte passagem :

"E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez e, depois disto, o juízo,..." (Hb 9:27)

E se vc acredita que o livro de Hebreus foi escrito por meio de uma inspiração divina, então é algo para se meditar caso contrário desconside isso...

Atenciosamente,

Pedro



RESPOSTA AO SR. PEDRO :


Prezado Pedro


Em primeiro lugar quero lhe agradecer pela sua visita ao Site - Renovação ( http://jefferson.freetzi.com ).

Minha intenção é apenas de citar alguns fatos ligados ao início do Cristianismo e às imposições dogmáticas da Igreja Romana, sem esquecer, é claro, da defesa dos princípios de Kardec frente aos seus detratores, em especial, o Padre Quevedo.

Você diz : "...Seus argumentos baseados em fatos históricos podem até ser convincentes...Entretanto são fatos baseados em arbitrações humanas e interesses pessoais".

Pedro, os fatos históricos citados em meu Site estão baseados nos relatos de historiadores e Escritores idôneos. TODOS Eles são profundos conhecedores do Hebraico e da Cultura Judaica. E eu coloquei a Referência Bibliográfica no meu Site. Caso queira comprovar, observe, no acesso TEXTOS / Texto 1 / A Reencarnação suprimida e escamoteada pela Igreja Católica. Por que será ? / Parte 1 . Mais ao final, após a descrição da vida de Orígenes de Alexandria ( esta importante figura, nascida no ano de 185 D.C., foi o maior Teólogo, Exegeta e profundo conhecedor das Sagradas Escrituras, e apregoava a Doutrina Paligenética ! ) está registrada a bibliografia. Esta mesma Bibliografia também está no acesso : TEXTOS / Texto 3 / As Traduções da Bíblia adaptadas à direção dos caminhos que a Igreja traçou durante séculos. O Papa e o Vaticano já admitem a comunicação com os Espíritos ! ! !

Na parte intermediária dos Textos há uma Nota sobre a mesma referência Bibliográfica. Para maior facilidade, reproduzo aqui a mesma :


1) "Analisando as Traduções Bíblicas", de Severino Celestino da Silva, Ideia Editora. Distribuidora Candeia - São Paulo. Formado em odontologia pela USP, Severino Celestino da Silva é ex-seminarista, pesquisador e estudioso do Hebraico e das Religiões Cristãs. Apresenta, neste trabalho, a História das Traduções Bíblicas e o que tem ocorrido com os Textos Sagrados, desde a época de Moisés até o presente. O exame crítico tem como base principalmente aqueles considerados mais divergentes com relação à Doutrina Espírita. Mostra as distorções nas traduções do hebraico para as línguas grega e latina. Utiliza vários textos escritos em caracteres hebraicos.

2) "Reencarnação - O Elo Perdido do Cristianismo", de Elisabeth Clare Prophet, Editora Nova Era. Você vai saber como a Reencarnação esclarece os antigos conceitos cristãos, como o batismo, a ressurreição e o reino de Deus. Veremos também como os Patriarcas da Igreja suprimiram a Reencarnação da teologia cristã e por que a Reencarnação pode resolver muitos dos conflitos que atualmente afligem a humanidade.

3) "A Reencarnação Segundo a Bíblia e a Ciência", de José Reis Chaves, Editora Martin Claret. Crer na Reencarnação implica negar a Ressurreição ? Você encontrará a resposta neste livro, no qual a Reencarnação é vista como realidade histórica, bíblica e científica. A Bíblia tem seu valor e merece o nosso respeito. É óbvio que os erros nela existentes não são de Deus, são dos homens, sejam eles do mundo físico ou espiritual - conclui o notável Escritor.


O Senhor também diz : "...por que não questionar então, se a Igreja Católica e seus líderes estivessem errados a respeito da reencarnação... Será que foi algo que fora corrigido e que agora os fiéis são orientados de uma forma correta...?

Certamente, se o Cristianismo professado anteriormente ao Concílio de Constantinopla, em 525 D.C., era plenamente favorável à Reencarnação, este pensamento deveria ser alterado aos poucos, com estudos, discussões, aceitação ampla de outras correntes de opiniões, objetivando uma análise crítica, profunda e irrestrita dessa Doutrina, para que não deixasse dúvidas. MAS, o que ocorreu, foi um simples Decreto de Justiniano, cuja palavra ninguém ousava discutir, o qual, como já foi relatado no meu Site, teve a influência de Teodora, sua ambiciosa esposa. Ela era uma ex-prostituta e na realidade, era quem manejava o poder.

Então, é assim que a Igreja achou que estava errada e hoje professa a Verdade ? ? ? Depois de 500 anos ensinando a Reencarnação, muda-se a Diretriz Religiosa Através de um Édito, o qual visava tão somente satisfazer a ambição e a vaidade de DUAS pessoas ? ? ?

Daí para frente, como já sabemos, a Cúpula Católica enxergou inúmeras vantagens nesta Situação. Mais adiante, e apenas para citar um exemplo, observamos a Implantação da "Venda de Indulgências", na qual a Igreja Romana da época costumava dizer que algumas pessoas possuíam mais méritos do que tinham necessidade, para serem salvas. Por isso, este "mérito extra" dessas pessoas poderia ser transferido - especialmente através de pagamento - para pessoas cuja salvação era duvidosa. Indulgências eram recibos de perdão de pecados passados e futuros. Os pecados eram perdoados a peso de ouro ! Até pelos mortos era permitido comprar indulgências ! Um dos nomes mais conhecidos em Roma, nessa ocasião da construção da Basílica de São Pedro, foi o do cardeal João Tetzel que viajava pelo mundo católico recolhendo contribuições para essa construção.

Ora, Sr. Pedro, se a Igreja Romana fosse favorável à Reencarnação, jamais poderia sair por aí "vendendo" a salvação para os ingênuos da época, pois tal fato só poderia ser levado a termo se as pessoas desconhecessem que não era preciso "comprar" suas salvações e sim trabalharem intimamente a Reforma Espiritual para se tornarem dignos de elevação na Escala dos eleitos de Deus. Portanto a eliminação do princípio da Reencarnação era muito conveniente para a Igreja Católica.

Poderia citar outros exemplos de como a Reencarnação incomodava a Igreja, mas este e-mail já vai longe ...

Suas Palavras : "...A Ressureição não tem nenhum paralelo com a reencarnação, não se misturam como água e óleo..."

Muito bem. Para não estender-me, insisto que leia o Livro acima citado : "A Reencarnação Segundo a Bíblia e a Ciência", de José Reis Chaves. Nesta Edificante Obra, o Senhor terá a devida resposta, com muito mais substância, com argumentos coerentes e lógicos.

Finalmente, o Senhor diz : "...Entretanto gostaria de colocar a seguinte passagem : "E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez e, depois disto, o juízo,..." (Hb 9:27)".

Mais uma vez digo que o meu Site já tratava desse assunto ( Acesso : TEXTOS / Texto 9 / Respostas definitivas às teses contrárias à Reencarnação, contidas no Site Católico Montfort. Eles defendem o Ouro e o luxo no Vaticano ... MAS, visando facilitar as coisas, explico para o Senhor :

                A passagem de Hebreus 9, 27 é citada inúmeras vezes, como argumento contra a Reencarnação. Se Paulo estivesse querendo dizer que temos uma só vida aqui na Terra, por que ele então, não disse assim : Ao homem está determinado VIVER uma só vez ? No Novo Testamento é narrada a ressurreição da filha de Jairo, do filho da viúva de Naim e de Lázaro. Se de fato houve essas ressurreições, vale dizer que Eles morreram duas vezes !!! E aí, como ficamos diante da afirmativa citada ???

                E se eles não morreram duas vezes, temos que procurá-los para colocar esses indivíduos no Guinness, o Livro dos Records, pois a essas alturas, eles teriam mais de 2.000 anos !!!


                Já tinha ouvido o comentário, de um detrator do Espiritismo, de que essas foram as exceções à Carta de Paulo aos Hebreus ...

                Exceções ??? Ora, não são só três. Essas são só as mais conhecidas. Como se não bastasse, há na Bíblia a narrativa de 8 (oito) casos de ressurreição ( retorno do espírito ao corpo que jazia morto ).

                3 (três) ocorreram no Velho Testamento : O primeiro está no I livro dos Reis, no capítulo 17, versículos 21 e 22 ; o segundo, no II livro dos Reis, no capítulo 4, versículos 32-37 ; e o terceiro, também no II livro dos Reis, no capítulo 13, versículos 20 e 21.

                Os outros 5 (cinco) casos são narrados no Novo Testamento. Três deles foram realizados por Jesus, e os outros 2 foram realizados por Pedro e por Paulo, respectivamente, narrados nos Atos dos Apóstolos, capítulo 9, versículos 36-42, e capítulo 20, versículos 7-12. Os realizados por Cristo são citados em Mateus, capítulo 9, versículos 18-25; Lucas, capítulo 7, versículos 11-17 e João, capítulo 11, versículos 1-43.

                Não restam dúvidas de que esses oito casos de ressurreição contrariam a passagem de Hebreus 9,27. Todavia, a Reencarnação não vai de encontro ao referido versículo, que é a pura expressão de uma Lei Divina irrevogável : A morte do corpo físico dá-se uma única vez e é um fenômeno irreversível.

                Pode-se, então, concluir que Deus abriu oito exceções a uma de Suas Leis ??? Ora, não é a verdade, porque a concessão de privilégios é atitude própria dos seres imperfeitos, como nós, os homens, mas não dos seres perfeitos, como Deus. É uma questão simples, de raciocínio lógico. Deus é imutável porque é perfeito, pois a onisciência é um de Seus atributos. Portanto, se Ele abre exceções, deixa de ser imutável. E se privilegia somente 8 seres humanos com uma segunda vida, no mesmo corpo de carne e no mesmo período terreno, está agindo com parcialidade, quando sabemos muito bem que Deus é um Ser imparcial, porque trata a todos igualmente. As desigualdades que existem no mundo são consequências dos atos e ignorâncias humanas.

                Ademais, Paulo, não estava de forma alguma combatendo a Reencarnação, pois não é o contexto dessa narrativa. Mas, por outro lado, não deixa de ser uma verdade, já que o corpo que possuímos em cada Reencarnação, realmente morre somente uma vez.

Esse versículo ( "O homem só morre uma vez" - Heb. IX, 27) tem sido uma pedra de tropeço para todos os que desconhecem o que realmente é a Reencarnação, limitando-se a ler a letra que mata e não percebendo o espírito que vivifica. Não há contradição nenhuma entre o que diz Paulo nesse versículo e a teoria da reencarnação. Mas vamos por partes :

A) Inicialmente, ninguém precisa acreditar na reencarnação como dogma, pois que ela existe, creiam os homens nela ou não. Da mesma maneira, não é pelo fato de alguns homens não crerem em DEUS que Ele deixará de existir.

B) Um Espírito necessita conhecer e praticar o Bem, progredir, evoluir e subir tanto, tanto, que chegue, como diz Paulo na Epístola aos Efésios, a ser igual a JESUS. Eis suas palavras: "Até que todos cheguem à unidade da Fé, ao pleno conhecimento do FILHO DE DEUS, ao estado de homem feito à medida da estatura da plenitude do CRISTO' (Efésios, 4: 13).

C) Ora, haverá homem sobre a face da Terra que tenha a pretensão de poder chegar até essa altitude numa só vida humana ? Percorrendo a história da Humanidade, APONTEM-NOS QUEM JÁ CHEGOU LÁ, EXCETO O PRÓPRIO JESUS ? No entanto Paulo diz: "...até que TODOS cheguemos..." TODOS ...

D) Então se o Espírito necessita evoluir até esse ponto, evidentemente o fará por intermédio de muitas vidas no corpo, neste tabernáculo no qual habitamos temporariamente, no dizer de São Pedro (II Pedro, 1: 13 e 14).

E) Ora, é fora de qualquer dúvida que cada homem só pode morrer uma vez...e depois disso vem o juízo que determinará para onde irá o Espírito : para as zonas de luz ou para as zonas de trevas. Só morreram "duas vezes", segundo a interpretação comum, aqueles que foram ressuscitados, como Lázaro... ninguém mais. Cada homem (conjunto de Espírito e corpo) só pode morrer uma vez. Porque, separado que esteja do corpo, não mais se poderá a ele se unir, a não ser por outro nascimento.

F) Então qual a dificuldade de compreender-se, dentro da teoria da reencarnação, a frase de Paulo ? Nenhuma. Está certíssima : "É ordenado aos homens que morram uma só vez, e depois disso vem o juízo".

G) Entretanto é inegável que o homem morre, ou seja, que a personalidade deixa de existir, naquela sua união terrena. E isso logicamente só pode OCORRER UMA VEZ em cada personalidade, em cada homem."

H) Desaparece, então, a personalidade daquela vida terrena. Mas prossegue, em forma ainda invisível aos sentidos da maioria dos seres humanos, a parte eterna de todos nós: o Espírito imortal, a Individualidade. Diz o CRISTO que o Espírito sopra onde quer, isto é, manifesta-se onde for necessário à sua evolução, até integrar-se no Amor Universal, em DEUS. E isto, na Terra, se dá por meio das reencarnações.


Além de tudo isso ( e por outro lado ), se formos analisar tudo ao pé da letra, ficaremos diante de uma contradição, senão vejamos : Se LOGO EM SEGUIDA à nossa morte, virá o juízo ( pressupõem-se que cada um terá um juízo após a sua morte ), qual a necessidade do JUÍZO FINAL, tão apregoado pelas Religiões Ortodoxas, se anteriormente já fomos julgados ? Será que se formos condenados ao "inferno" no primeiro juízo poderemos de lá sair quando do juízo final ? Ficam aí estas perguntas para quem quiser responder.

O Senhor me propôs algumas Questões contrárias ao Espiritismo. Eu respeito e procurei responder a todas. O Senhor não me falou qual a sua Religião. Acredito que seja Católica ( perdoe-me, se não for ), mas agora, quero lhe propor, apenas 2 Questões :

1) O Papa João Paulo II, perante mais de 20.000 pessoas na Basílica de São Pedro, em 2 de Novembro de 1983, disse :

"O diálogo com os mortos não deve ser interrompido, pois, na realidade, a vida não está limitada pelos horizontes do mundo".

E para dar respaldo a essa afirmação, o Padre Gino Concetti, que é irmão da Ordem dos Franciscanos Menores, um dos teólogos mais competentes do Vaticano, comentarista do «Observatore Romano», o diário oficial do Vaticano, afirma que, para a Igreja Católica, os contatos com o "Mais Além" são possíveis, e aquele que dialoga com o mundo dos defuntos não comete pecado se o faz sob inspiração da fé. Conforme suas palavras, segundo o catecismo moderno, Deus permite aos nossos caros defuntos, que vivem na dimensão ultraterrestre, enviar mensagens para nos guiar em certos momentos de nossa vida. Após as novas descobertas no domínio da psicologia sobre o paranormal a Igreja decidiu não mais proibir as experiências do diálogo com os trespassados, na condição de que elas sejam levadas com uma finalidade séria, religiosa, científica.


2) Os banqueiros melhor informados calculam as riquezas do Vaticano entre DEZ A QUINZE BILHÕES ( Eu disse BILHÕES ) DE DÓLARES. Ele ( Vaticano ) possui grandes investimentos em bancos, seguros, produtos químicos, aço, construções, imóveis etc. SOMENTE OS DIVIDENDOS servem para manter de pé toda a organização, INCLUÍDAS AS OBRAS DE BENEFICÊNCIA. Tal fortuna vem sendo ACUMULADA em função das reaplicações no mercado.

Por que, ao invés de reaplicar o dinheiro, o Vaticano não o redistribui para os mais carentes ? Será que é mesmo necessário ACUMULAR CERCA DE 15 BILHÕES DE DÓLARES para manter a Igreja Romana ?

Todos nós, e até mesmo os Católicos, não podemos acreditar que Deus prefira manter ouro e luxo nas suas Igrejas ao mesmo tempo que muitos de seus filhos morrem de fome pelo mundo.

Termino por aqui. E que Deus permita que a Sua Luz toque nossos Espíritos, para assim nos conceder o entendimento verdadeiro de Seus Ensinamentos e de Sua Excelsa Justiça.

Abraços Fraternos

Jefferson



E O SENHOR PEDRO RETORNA COM MAIS ARGUMENTOS :


Meu caro Jefferson,


Nota-se que o Sr é um profundo conhecedor dos príncipios de Kardec e ferrenho opositor da Igreja Romana, ou Católica, se preferir. Não sou católico e não estamos aqui para defender qq denominação contra o Espiritismo...Reconheço que seus conhecimentos são infinitamente superiores aos meus. Entretanto nenhuma de suas argumentação irão ser suficientes para me convencer que existe a reencarnação, mas respeito sua opinião a respeito. A única fonte que me inspira são as Escrituras Sagradas e tenho convicções de que foram inspiradas por Deus.

Esta teoria de que nosso espírito necessita evoluir até chegar ao nível de Jesus Cristo, ao meu ver, é infundada pois a Bíblia nunca disse em evolução do espírito. Assim como o Sr interpreta a Bíblia de forma a encaixa-las as teorias de Kardec a minha interpretação a respeito disso é totalmente diferente. Se reconhecermos ser Jesus Cristo o verdadeiro Filho de Deus, então o espírito dele não sofreu por nenhuma evolução pois já havia sido atingida a perfeição, certo ? Acredito num Deus que nos permite através de sua grande misericórdia, transformar nosso espírito a semelhança da de Jesus Cristo sem que passemos por esta tal de evolução espiritual. É algo inconcebível que Deus, com sua onipotência, não possa fazer isso...

Para falar a verdade se acreditasse nessa teoria de reencarnação e evolução do espírito, ficaria desacreditado e infeliz pois se formos analisar todos os acontecimentos e a história da humanidade, vemos que a humanidade não está caminhando para uma evolução espiritual mas sim para uma destruição...

Onde estão aqueles espíritos evoluidos ???? Infelizmente a natureza humana é pecadora e não existe qq possibildade de mudarmos isso nem mesmo por meio de uma evolução espiritual que o Sr defende. Somente por meio da Graça de Deus, e é nisso que acredito, podemos chegar a semelhança de Cristo Jesus e minha fé está depositado nEle. Suponhemos que, como disse, existe imperfeição na tradução na Bíblia. Entretanto a doutrina principal da Bíblia não é afetada pois ela diz que a salvação somente está em Jesus Cristo. A visão Messiânica dos judeus foi realizada na encarnação de Cristo Jesus dos cristãos e isso é o foco central da Bíblia.

Para finalizar, não foi convincente e clara a sua colocação com respeito a passagem de Hb 9:27 e não é um problema de interpretar ao pé da letra pois a passagem é muito clara que "aos homens está ordenado a morrer uma só vez..." e se é verdade o que o Sr disse que a morte ocorre para cada personalidade então existirão vários juízos, e se cada personalidade desaparece e reencarna em outra então esta outra vida não tem ligação e paralelo com a anetrior... isto é completamente incompreenssível ! Não seria mais lógico que a personalidade dos homens não mudasse para que exista ligação da vida reencarnada pela anterior...? A personalidade sofre mudança mas a essência do espírito permanece inalterada ? Como? a Bíblia nunca disse nada a respeito... Existem muito mais questões que respostas e as respostas não são totalmente satisfatórias... Como disse a minha única fonte é a Bíblia.

É certo que a atitude Igreja Católica e muitos de seus dogmas estão errados e concordo plenemente com o Sr. Entretanto a parte que o Sr. diz que a reencarnação já foi algo aceito pelos cristãos como verdade e não o é mais por causa de interesses pessoais de 2 pessoas pode ter sido a motivação inicial do sesaparecimento deste ensino. Mas gostaria de me fazer uma pergunta... Por que este dogma não foi reaceito como verdadeiro pelo grande homen de Deus, Martim Lutero, um homem que lutou com grande coragem contra a poderosa Igreja Católica e contra todos os ensinos errados ??? Se realmente a reencarnação é uma verdade divina por que então não há movimento dentro das igrejas cristãs para repara isso e tudo que ouvimos são vozes contrárias a tal teoria ???

Agora para finalizar mesmo, não compreendo sua posição. Ora ataca a Igreja Católica e o Padre Quevedo mas por outro lado usa as próprias declaração do Papa e da Igraja Católica para defender suas convições... Me refiro a comunicação entre os espíritos, que o Sr diz que o Papa havia reconhecido que existe... Reconheço que muito de suas argumentação estão baseadas em pessoas eruditas e profundo conhecedores do assunto entretanto poderia citar muitos outros estudiosos e do mesmo nível daqueles que citou, que são contra a teorias de Kardec. Prefiro concluir as coisas baseadas na sabedoria que Deus tem me concedido e é logico que também devo levar em consideração o parecer dos estudioso.

Espero que nenhuma de minhas colocações tenha ofendido de alguma forma a sua crença e se for o caso peço desculpas pois minha intenção somente foi confrontar a minha fé com a sua.

Abraços,

Pedro.



NOVA RESPOSTA ENDEREÇADA AO SR. PEDRO :


Prezado Pedro


Não espero convencê-lo e nem tenho intenção de que as minhas palavras façam as pessoas mudarem de opinião. Meu Site apenas mostra outros lados das questões religiosas para aqueles que, enxergando apenas por um ângulo, possam ler e refletir sobre outros aspectos inerentes às questões apontadas. Não tenho conhecimentos infinitamente superiores aos seus. Sou um iniciante do Espiritismo e procuro sempre aprender um pouco mais.

Pedro, tudo teve início quando observei alguns Sites Católicos e suas vertentes, os quais tentam denegrir os princípios de Kardec de todas as formas. Já mantive diálogo com alguns dirigentes dessas Instituições, mas são todos irredutíveis. Por isso, lancei uma Página na Internet para defender os princípios de Kardec.

Lembro-me bem quando iniciei a coleta de todo o material que, hoje, está à disposição de todos que o queiram ver na Rede Mundial.

Às vezes, ficava assistindo à TV e verificava que determinadas Emissoras propositadamente expunham os princípios de Kardec de forma deturpada e informavam que Espiritismo não passava de oferendas nas esquinas e cantorias em Terreiros. As religiões afro merecem respeito, mas os princípios de Kardec possuem uma linha própria.

O que dizer então do Sr. Quevedo que, quando na Globo, cansava de pedir provas científicas da comunicação com os Espíritos, mesmo diante de demonstrações processadas em equipamentos eletrônicos, tanto aqui quanto na Europa e Estados Unidos ?

Isso já faz mais de um ano. Pensei comigo mesmo : Será que tenho de assistir a tudo isso e ficar calado ? Mesmo sendo um anônimo na multidão, não há nada que se possa fazer ? Mesmo que eu não trabalhe numa grande Emissora de Televisão, mesmo que eu não possua uma Rede de TV, comprada com a venda de fé às pessoas que ingenuamente, acreditam que dando dinheiro para Templos, poderão se ver livre do "Diabo" ?

É claro que eu não espero nenhuma repercussão de grande alcance. Tenho consciência dos meus limites e dos meus erros e procuro corrigi-los ouvindo pessoas como Juvanir Borges, Presidente da Federação Espírita do Brasil ; Antônio Fragoso Guimarães, Sociólogo da UFPB, Carlos Imbassahy, Professor, etc.

No início, minha Home Page estava muito mais agressiva, mas com as críticas construtivas de amigos, fui remodelando o conteúdo do Site.

Mudando de assunto, Você relata : "...Escrituras Sagradas e tenho convicções de que foram inspiradas por Deus."

Pedro, sem dúvida que os Textos Evangélicos são fonte de sabedoria ! Mas Você já se perguntou se essa tal "inspiração" foi mesmo de Deus ou se trata de artifício criado por alguns Dirigentes Religiosos objetivando respaldo para as suas argumentações ? Afinal, a Bíblia já sofreu mais de 2.167 traduções e várias interpretações. Só no caso da Língua portuguesa, houve mais de 16 traduções. Imaginar ingenuamente que não existiu interferência de orgulho e vaidades humanas nas traduções e interpretações Bíblicas, é o mesmo que imaginar que o Homem é desprovido de orgulho, vaidade e ambição, ou seja, é o mesmo que imaginar que o Homem é perfeito ! E convenhamos : O Homem está longe disso !!! Com relação a essa "inspiração", reproduzo aqui parte dos textos da minha Home Page : Seção - TEXTOS / Texto 2 / Os Livros retirados das Sagradas Escrituras. Que motivos havia ? :


ABRE ASPAS :

Os quatro evangelhos canônicos, que se acredita terem sido inspirados pelo Espírito Santo, não eram aceitos como tais no início da Igreja. O bispo de Lyon, Irineu, explica os pitorescos critérios utilizados na escolha dos quatro evangelhos ( reparem na fragilidade dos argumentos...) : "O evangelho é a coluna da Igreja, a Igreja está espalhada por todo o mundo, o mundo tem quatro regiões, e convém, portanto, que haja também quatro evangelhos. O evangelho é o sopro do vento divino da vida para os homens, e pois, como há quatro ventos cardiais, daí a necessidade de quatro evangelhos. (...) O Verbo criador do Universo reina e brilha sobre os querubins, os querubins têm quatro formas, eis porque o Verbo nos obsequiou com quatro evangelhos".

As versões sobre como se deu a separação entre os evangelhos canônicos e apócrifos, durante o Concílio de Nicéia no ano 325 D.C, são também singulares. Uma das versões diz que estando os bispos em oração, os evangelhos inspirados foram depositar-se no altar por si só !!! ... Uma outra versão informa que todos os evangelhos foram colocados por sobre o altar, e os apócrifos caíram no chão... Uma terceira versão afirma que o Espírito Santo entrou no recinto do Concílio em forma de pomba, através de uma vidraça (sem quebrá-la), e foi pousando no ombro direito de cada bispo, cochichando nos ouvidos deles os evangelhos inspirados...

FECHA ASPAS.


Pergunto : Preciso dizer mais ?


Suas palavras : "...Esta teoria de que nosso espírito necessita evoluir até chegar ao nível de Jesus Cristo, ao meu ver, é infundada pois a Bíblia nunca disse em evoulução do espírito..."

Muito bem. Pelo visto, o Sr. interpreta de forma literal as Sagradas Escrituras. Se na Bíblia, não existe a palavra "evolução", então não devemos acreditar nela, não é mesmo ? Ora, se fosse assim, não deveríamos acreditar em Papa, purgatório, rituais religiosos, maldição de gerações, revolta dos Anjos ou Anjos decaídos, pois Jesus nada falou a esse respeito. Se é válida a interpretação literal da Bíblia, o que teríamos que fazer quando Jesus disse : " Se a vossa mão ou o vosso pé vos é objeto de escândalo, cortai-os e lançai-os longe de vós; melhor será para vós que entreis na vida tendo um só pé ou uma só mão, do que terdes dois e serdes lançados no fogo eterno. Se o vosso olho vos é objeto de escândalo, arrancai-o e lançai-o longe de vós; melhor para vós será que entreis na vida tendo um só olho, do que terdes dois e serdes precipitados no fogo do inferno. (S. MATEUS, cap.XVIII, vv. 6 a 11; V, vv. 29 e 30). Será que devemos arrancar olhos e braços para obedecer aos mandamentos de Jesus ? ? ? Certamente que não ! E sei que Você dirá que NESTE CASO, não devemos levar essa passagem ao pé da letra. O que Jesus quis dizer é que cada um deve destruir em si toda causa de escândalo, isto é, de mal; arrancar do coração todo sentimento impuro e toda tendência viciosa.

Se a Bíblia não fala especificamente na Palavra "evolução", o que poderíamos dizer a respeito das palavras : Aperfeiçoamento, Crescimento, Edificação, etc ? Essas palavras também não têm o mesmo significado de evolução ? Veja em sua Bíblia, os dizeres abaixo. E veja principalmente Efésios 4:13 - 16.


ABRE ASPAS :

A graça é dada segundo a medida do dom de Cristo, quando ele levou "cativo o cativeiro" e "concedeu dons aos homens" (Efésios 4:7-10). Esses dons que ele deu são os de apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre, para o APERFEIÇOAMENTO dos santos (Efésios 4:11-12). Os remidos devem CRESCER " à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo ". Isso ocorre "seguindo a verdade em amor", para que "CRESÇAMOS em tudo naquele que é a cabeça, Cristo". O corpo deve estar entrelaçado a fim de contribuir para a EDIFICAÇÃO do todo (Efésios 4:13-16). ( Todas as palavras em maiúsculo, foram destaques meus ).

FECHA ASPAS.


Paulo disse que os ensinamentos do Senhor foram concedidos para que chegássemos à "medida da estatura completa de Cristo". (Efésios 4:13) Esse processo exige muito mais do que a aquisição de conhecimento. Ao contrário das Instituições do mundo, que nos ensinam a saber algo, o Evangelho de Jesus Cristo desafia-nos a tornarmo-nos algo, OU SEJA : Para se TORNAR algo, é necessário Transformar, ou seja : EVOLUIR.

Mais palavras suas : "...Assim como o Sr interpreta a Bíblia de forma a encaixa-las as teorias de Kardec a minha interpretação a respeito disso é totalmenete diferente".

Certamente a SUA interpretação também procura "ENCAIXAR" as palavras da Bíblia na sua Religião, seja ela qual for, não é mesmo ? Ora, Sr. Pedro, direito de interpretação todos têm. A interpretação da Bíblia pelos homens possui caráter subjetivo. Aliás, as DIFERENTES interpretações são em número tão grande que resultaram nesse também imenso número de Religiões que hoje existem. Ninguém hoje, pode dizer que detém o MONOPÓLIO das interpretações dos Textos Evangélicos. Isso seria uma pretensão descabida e ninguém pode se julgar o Senhor absoluto da verdade. Afinal, QUANDO foi que os apóstolos e mártires e todos aqueles que vivenciaram de perto a passagem de Cristo sobre a Terra, recomendaram às futuras gerações QUAIS AQUELAS que teriam o direito de INTERPRETAR seus legados que hoje estão reunidos sob a forma de Bíblia ?

Não vou aqui discutir se Jesus já era um Espírito Perfeito criado por Deus. Poderíamos ficar discutindo esse assunto por meses e não conseguiríamos convencer ninguém. Porém o que Você diz a respeito da evolução é notório : "...Acredito num Deus que nos permite através de sua grande misericórdia, transformar nosso espírito a semelhança da de Jesus Cristo sem que passemos por esta tal de evolução espiritual. É algo inconcebível que Deus, com sua onipotência, não possa fazer isso... "

E como o Sr. acha que Deus transformará algum Espírito à semelhança de Jesus Cristo ? Pelo nosso merecimento atual ??? Volto a dizer : Ora, haverá homem sobre a face da Terra que tenha a pretensão de poder chegar até a altitude de Cristo numa só vida humana ? Percorrendo a história da Humanidade, APONTE-ME QUEM JÁ CHEGOU LÁ, EXCETO O PRÓPRIO JESUS ?

Se a perfeição absoluta fosse dada aos Espíritos ; Se Deus outorgasse a perfeição imediata aos Espíritos ( sem passar por evoluções ), Então por que Deus já não fez o mundo perfeito ? ? ? Por que Deus permite que haja no mundo, tanta injustiça, desordem, ambição descabida, etc ? Muitos dirão que isso se deve à imperfeição do Homem, e não de Deus. Mas Deus, com sua Onisciência tudo sabe e permite, do início ao fim. Será que Deus não está esperando que cada um descubra o verdadeiro caminho que leva à Salvação ? E o que é descobrir o verdadeiro caminho ? Não é uma espécie de evolução, ou seja, evoluir do MAL para o BEM ?

Dizer que a HUMANIDADE NÃO EVOLUIU, pois o mundo caminha para a destruição, é colocar TODOS os seres humanos na mesma condição moral. E o que dizer, então, de uma Madre Tereza de Calcutá ? Irmã Dulce ? Mahatma Ghand ? Chico Xavier ? Zilda Arns Neumann, coordenadora da Pastoral da Criança ? Martin Luther King ? Nelson Mandela ? Desmond Mpilo Tutu ? E muitos outros ?

Se existem pessoas atrasadas e adiantadas moralmente neste mundo, é um sinal EVIDENTE de que umas evoluíram, outras não.

Mas que tanto medo e inquietação a palavra EVOLUÇÃO provoca em certas pessoas ? A Evolução apenas nos mostra que temos um longo caminho a percorrer : O caminho que nos leva a Cristo !!!

Se como o Senhor diz, a natureza humana é pecadora, então NÃO devemos ficar de braços cruzados esperando o fim, culpando a natureza humana pelo nosso fracasso, pois isso é um comodismo inaceitável. No dia em que deixarmos de nos lamentar e fizermos a nossa parte, o mundo começará a mudar. Mas alguns preferem se acomodar e deixar tudo para Deus resolver, como se Deus fosse o culpado pelos nossos desatinos.

A missão maior de Jesus foi, antes de tudo, mostrar o caminho da salvação e não nos dar a perfeição sem que nada tivéssemos feito por merecê-la. Não parece meio estranho sermos salvos porque algumas pessoas usaram de violência e mataram um inocente ? Foi esse o prêmio que Jesus nos deu por O termos matado ? Prefiro crer que serei salvo porque Jesus viveu e não porque O matamos.

De sua parte : "...Entretanto a doutrina principal da Bíblia não é afetada pois ela diz que a salvação somente está em Jesus Cristo. A visão Messiânica dos judeus foi realizada na encarnação de Cristo Jesus dos cristãos e isso é o foco central da Bíblia".

Sr. Pedro, é evidente que o Cristo de Deus é o Salvador da Humanidade, oferecendo sua Mensagem de vida eterna como roteiro, como o caminho e a verdade que Ele mesmo se proclamou. Ele é exemplificação e modelo, mas compete a cada criatura seguir o caminho indicado, com esforço, com amor, com dedicação e não ficar de braços cruzados, uma vez que já estaria salvo pelo sacrifício de Jesus no Calvário. Pregar que a redenção da criatura se faz unicamente pela cruz e não pelo esforço de cada um, é incentivar a indiferença pela vida, igualando bons e maus. É, igualmente, desprezar a Justiça Divina, na sua função de dar a cada um segundo suas obras, como ensinou o Cristo, repito : COMO ENSINOU CRISTO. E mais uma vez aí, pode-se depreender a evolução espiritual. Se cada um receberá segundo as suas obras, é sinal que precisamos lutar contra nossas imperfeições e obrarmos, ou seja, trabalharmos nosso Espírito no sentido de alcançarmos o progresso Espiritual, ou seja, evoluirmos ...

Vossa opinião : "...não foi convincente e clara a sua colocação com respeito a passagem de Hb 9:27 e não é um problema de interpretar ao pé da letra pois a passagem é muito clara que "aos homens está ordenado a morrer uma só vez..."

Mais uma vez digo : Não espero convencê-lo e nem tenho intenção de que as minhas palavras façam as pessoas mudarem de opinião. Meu Site apenas mostra outros lados das questões religiosas para aqueles que só enxergam por um ângulo, possam ler e refletir sobre outros aspectos inerentes às questões apontadas. Mas algumas pessoas limitam-se a ler a letra que mata e não percebendo o espírito que vivifica. Leia novamente as ponderações colocadas nas alíneas A, B, C, D, E, F, G, H, do meu último e-mail.

Se for assim, também está MUITO CLARO o que Jesus disse aos seus discípulos : " Seus discípulos então o interrogam desta forma: "Por que dizem os escribas ser preciso que antes volte Elias ?" - Jesus lhes respondeu: "É verdade que Elias há de vir e restabelecer todas as coisas: - mas, eu vos declaro que Elias já veio e eles não o conheceram e o trataram como lhes aprouve. É assim que farão sofrer o Filho do Homem." - ENTÃO, SEUS DISCÍPULOS COMPREENDERAM QUE FORA DE JOÃO BATISTA QUE ELE FALARA. (S. Mateus, cap. XVII, vv. 10 a 13; - S. Marcos, cap. IX, vv. 11 a 13.) ( Destaque em maiúsculo e negrito feito por mim ).

Se aquelas palavras de Paulo estão claras para o Senhor, com muito mais razão estas Palavras de Jesus são também MUITO MAIS CLARAS, e dizem CLARAMENTE sobre a reencarnação de Elias, que volta como João Batista. Mas aí o Senhor vai alegar que Jesus quis dizer outra coisa, não é mesmo ? É sempre assim. Usa-se de todos os recursos para se negar a Reencarnação. Ora se interpreta de um jeito, ora de outro, dois pesos, duas medidas... etc.

Suas alegações : "...e se é verdade o que o Sr disse que a morte ocorre para cada personalidade então existirão vários juízos, e se cada personalidade desaparece e reencarna em outra então esta outra vida não tem ligação e paralelo com a anterior... isto é completamente incompreensível !"

Juízos após o desencarne, significa a determinação para onde irá o Espírito : para as zonas de luz ou para as zonas de trevas. Lá o Espírito terá plena consciência do que fez e poderá, numa próxima vida, evitar os erros passados e aprimorar-se ainda mais. Eu disse também, na alínea G, que a personalidade deixa de existir naquela sua união terrena. E isso logicamente só pode OCORRER UMA VEZ em cada personalidade, em cada homem. Se tivéssemos sempre a mesma personalidade em todas as encarnações, onde estaria a evolução apregoada pelo Espiritismo ? É evidente que a personalidade não desaparece de uma vez ! Ela vai se modificando aos poucos em cada vida, senão não haveria progresso moral.

Muitos não entendem porque não conseguimos estabelecer paralelo com a vida anterior, ou seja, por que não nos lembramos das encarnações anteriores ? Compreendo que, para as outras religiões, isso seja um pouco complicado. Muito bem. Passemos a análise :

Um Espírito ao reencarnar passa por um processo de ocultamento dos fatos passados, mas não o sentimento, caráter e personalidade que perdurou durante toda a sua vida terrena. Se assim não fosse, como explicaríamos crianças, na mais tenra idade, demonstrar habilidades espantosas no campo artístico, intelectual, etc. Já ouvi falar de casos, e creio que muitas pessoas também já ouviram falar, de crianças com 3 ou 4 anos tocarem piano com uma destreza que poucos profissionais da área, com décadas de experiência, conseguem fazer. Tivemos um caso em Minas, de uma criança com 5 anos de idade que demonstrava conhecimentos de Geografia, matemática e conhecimentos gerais que realmente não eram condizentes com os seus poucos anos de vida. Existem escolas para esses super dotados.

Como explicar que alguns seres humanos demonstram habilidades muito superior a média, e a demonstram já nos primeiros anos de vida ? É claro que os incrédulos e descrentes da reencarnação dirão que cada pessoa é diferente da outra, por isso, as aptidões são diferentes. Isso é uma explicação simplória e cômoda de quem se opõe, a qualquer custo e de todas as formas, à reencarnação, pois quando dizem isso, NA REALIDADE NÃO EXPLICAM ABSOLUTAMENTE NADA !!!

Por outro lado, se caso recordássemos claramente o que fizemos na última reencarnação, poderíamos, conforme cada caso, não ter paz e tranquilidade para levarmos nossa missão à frente.

Imagine que uma pessoa tenha assassinado uma outra pessoa, um inimigo, um concorrente, por um motivo fútil qualquer. Muito bem. Numa próxima encarnação, essas pessoas são postas para viverem juntas objetivando aplacar o sentimento de ódio e de vingança. Mas se elas soubessem que assassinaram ou foram assassinadas, elas poderiam viver num clima de harmonia, como manda a lei de Deus ? A pessoa que foi assassinada na outra vida não poderia, agora já na nova vida, despertar sentimentos de vingança para com seu algoz ?

                Continuemos com esse caso de assassinato. Digamos que um indivíduo tem, hoje, a consciência de ter assassinado uma pessoa, em existência passada. Ele saberá então que poderá "pagar na mesma moeda". Pergunto : Ele teria paz em sua vida, sabendo que a qualquer momento poderia ser morto por outra pessoa ??? Ou então, agiria de modo conformado e diria : "Bem, já que eu matei em outra encarnação, então devo me expor a todos os perigos para que eu seja morto e assim saldar minha dívida. Dessa forma, estarei ciente dos motivos pelos quais serei assassinado !!! " ( Pasmem !!! ). Existe raciocínio mais absurdo ??? É assim que os detratores do Espiritismo querem que aconteça ??? É assim que esses detratores acham que se faria justiça ??? Se os indivíduos lembrassem de tudo o que fizeram no passado, teriam que conviver, conforme cada caso, com situações semelhantes a essas, o que seria absolutamente impossível e sem sentido !!!


Outro exemplo : Frequentemente nos deparamos com pessoas que vivem nas ruas, famintas e sem abrigo. São realmente pessoas carentes. Observo que são poucos os que param para dar uma esmola ou algum alimento. Esses poucos possuem sentimento de solidariedade e amor ao próximo. A maioria passa pelos mendigos e simplesmente os ignora, pensando consigo mesmas : " Se eu der dinheiro, eles vão se embebedar, comprar tóxico, etc ". Esse tipo de pensamento é cômodo, justifica a sua indiferença pelos mais carentes e alivia a consciência, não é mesmo ? Nem por um instante vem a mente dessas pessoas um sentimento fraterno de ajuda. Essas pessoas demonstram que não são capazes de agir, espontaneamente, com solidariedade e com amor ao próximo.

Mas se essas mesmas pessoas, com dureza no coração, soubessem que aquele mendigo(a) foi seu pai ou sua mãe na última encarnação, o que essas pessoas fariam ? Certamente os acolheriam. Mas isso seria realmente uma demonstração de amor ao próximo, como manda a Lei de Cristo ( amai-vos uns aos outros ) ou um sentimento exclusivo de filho para os pais ?

Jesus alude bem a esse problema. Observe as Suas Palavras em São MATEUS, cap. V, v v. 43 a 47 :

" Aprendestes que foi dito: Amareis o vosso próximo e odiareis os vossos inimigos. Eu, porém, vos digo : Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos perseguem e caluniam, a fim de serdes filhos do vosso Pai que está nos céus e que faz se levante o Sol para os bons e para os maus e que chova sobre os justos e os injustos. - Porque, se só amardes os que vos amam, qual será a vossa recompensa ? Não procedem assim também os publicanos ? Se apenas os vossos irmãos saudardes, que é o que com isso fazeis mais do que os outros ? Não fazem outro tanto, os pagãos ? "

Pergunto : Preciso dizer mais ?

Mais alegações suas : "...Por que este dogma não foi reaceito como verdadeiro pelo grande homen de Deus, Martim Lutero, um homem que lutou com grande coragem contra a poderosa Igreja Católica e contra todos os ensinos errados ??? Se realmente a reencarnação é uma verdade divina por que então não há movimento dentro das igrejas cristãs para repara isso e tudo que ouvimos são vozes contrárias a tal teoria ???"

Se o senhor acha que Lutero foi o grande homem de Deus, fico inclinado considerá-lo Protestante, o que é louvável. Mas isso não importa, não é mesmo ? Ora, como alguém pode saber o que se passava na cabeça de uma pessoa há quase 500 anos atrás ? Lutero teve coragem de apontar os erros do Catolicismo, mas isso não quer dizer que Ele foi um "Santo e infalível" Homem.

Então o Sr. diz que não há movimento dentro das Igrejas Cristãs a favor da Reencarnação ??? Por favor, Sr. Pedro. Na primeira Página do meu Site - Introdução - são citados os nomes do Padre Católico François Brune e o Pastor Nehemias Marien da Igreja Presbiteriana ( Protestante ) Bethesda, os quais são de Igrejas Cristãs e AMPLAMENTE FAVORÁVEIS À REENCARNAÇÃO. Leia na seção Links - Item 1, mais detalhes a respeito ! Além disso, sabemos que alguns Padres e Pastores, mesmo que intimamente acreditem na Reencarnação, acabam se calando, com medo do repúdio dos seus superiores reacionários e da sociedade acomodada em tradições arcaicas e submissa aos desígnios e desmandos de muitos outros Padres e Pastores arraigados em preconceitos, que não admitem o menor questionamento sobre aquilo que dizem, impondo a todos uma Fé cega, ou seja, aquela Fé que exige a renúncia de uma das maiores prerrogativas do Homem : O Raciocínio e o Livre-Arbítrio.

Mais palavras suas : "...Entretanto a parte que o Sr. diz que a reencarnação já foi algo aceito pelos cristãos como verdade e não o é mais por causa de interesses pessoais de 2 pessoas pode ter sido a motivação inicial do desaparecimento deste ensino."

Ora, Sr. Pedro : Quer dizer que o Sr. acha válido mudar o direcionamento dos ensinos religiosos através do orgulho, ambição e vaidade das Pessoas ? O Sr. acha mesmo que esses sentimentos baixos formam uma base sólida para justificar o escamoteamento da Reencarnação ? ? ? Raciocinar, dando respaldo a sentimentos desse nível, é no mínimo temeroso...

Finalmente O Sr. Diz "...não compreendo sua posição. Ora ataca a Igreja Católica e o Padre Quevedo mas por outro lado usa as próprias declaração do Papa e da Igraja Católica para defender suas convições..."

Fui católico até os meus 27 anos. Nunca em minha vida disse que a Igreja Católica foi perniciosa em minha vida. Pelo contrário ! Muito do meu caráter devo à formação que recebi dos meus Pais, que são católicos até hoje. Agora, não é por causa disso, que eu tenho que fechar os olhos às mazelas que houve e que ainda há na Igreja. Se a própria Igreja Católica, que sempre foi contrária à comunicação com os "mortos", muda de opinião e diz que tal comunicação é possível, isso não seria um fato que se deva ressaltar ? Todos sabem do domínio que o Catolicismo impôs ao Brasil. Então, se a Cúria Romana muda a diretriz dos ensinamentos ( embora alguns Padres tradicionalistas e reacionários não aceitem ainda essa determinação ), por que não se pode dar notícia a esse fato, que surpreende até mesmo a cúpula católica brasileira ? ? ?

Bem, chega de respostas. Eu é que vou lhe propor algumas questões. O Senhor disse que acredita é na Ressurreição, e não na Reencarnação. Muito bem. Segundo a definição clássica, Ressurreição é tornar a viver no mesmo corpo, na volta ao paraíso que aguarda todos os fiéis cristãos. SE o Senhor considera que a Carta aos Coríntios foi escrita por meio de uma inspiração divina, então é algo para se meditar. Observe :

O Evangelho apresenta evidências claríssimas que a ressurreição a qual se refere não é da carne, mas sim do espírito. O apóstolo Paulo é o que melhor apresenta esta evidência, basta lermos a I carta aos Coríntios cap. 15 vers. 35-45: "Mas alguém dirá: Como ressuscitam os mortos? E com que qualidade de corpo vêm ? Insensato ! O que semeias não é vivificado se primeiro não morrer. E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como o do trigo, ou de qualquer outra semente. Mas Deus lhe dá um corpo como bem entende, e a cada uma das sementes um corpo apropriado. Nem toda carne é uma mesma carne, mas uma é a carne dos homens, outra a carne das feras, outra a das aves e outra a dos peixes. Também há corpos celestes e corpos terrestres, um é a glória dos celestes e outro a dos terrestres. Um é a glória do sol, outro a glória da lua e outro a glória da estrela. Assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção, ressuscita-se em incorrupção. Semeia-se em vergonha, ressuscita-se em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscita-se em poder. Semeia-se corpo animal, ressuscita-se corpo espiritual. Se há corpo animal, há também corpo espiritual".

Nestes versículos, Paulo faz uma referência a dois corpos, um físico e outro espiritual. Aprendemos nas obras de Kardec que o espírito possui um corpo fluídico ao qual se dá o nome de perispírito. Ora, então o que Paulo nos ensina é que ressuscitaremos para o mundo espiritual. Isto é tão claro quanto água cristalina !

E ainda, para não deixar qualquer dúvida a respeito do assunto, o apóstolo Paulo, nos versículos 50-51 do mesmo capítulo citado anteriormente, sela o assunto dizendo-nos: "Mas digo isto, irmãos, que a CARNE E O SANGUE NÃO PODEM HERDAR O REINO DE DEUS ; nem a corrupção herda a incorrupção. Eis aqui um mistério: nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados". ( Destaque em maiúsculo e negrito feito por mim ).

Parece que também está BEM CLARO o que diz Paulo, não ? Ou seja, a CARNE E O SANGUE NÃO PODEM HERDAR O REINO DE DEUS. E como fica o conceito clássico de Ressurreição, no qual o Senhor acredita ?

Enfim, Sr. Pedro, acredito que para se discutir um assunto, seja ele qual for, faz-se necessário um aprendizado prévio do mesmo, para que se possa ter uma boa base, não é mesmo ? Imagine que eu vá discursar, sobre Física nuclear, para uma seleta platéia, apenas por ter ouvido falar dessa matéria. Seria um desastre ! O senhor já leu o Livro dos Espíritos de Alan Kardec ? E o Evangelho Segundo o Espiritismo ? Acredito que não. Bem, para que o Sr. possa até criticar com mais base os princípios de Kardec, seria interessante o Sr. ler pelo menos esses dois Livros. Existem muitos outros. O Sr. vai se surpreender com as admoestações de Espíritos de Luz, e a insistente recomendação de amor e caridade apregoada pela Doutrina Espírita !

Mas talvez o Sr. não queira ler, alegando que isso não faz parte da sua Religião. Ora, então como alguém pode criticar uma Doutrina se não conhece nem as suas Bases ? ? ? As pessoas que desacreditam do Espiritismo rebatem os princípios de Kardec baseadas somente naquilo que OUVIRAM FALAR, seja do Padre, Pastor, ou quaisquer outras pessoas ! Se lessem, com a devida atenção, os mencionados Livros, iriam se surpreender !!!

Perdoe-me o tamanho desta mensagem. Também peço para que não se aborreças com as minhas ponderações, pois gosto de explicar com detalhes meus pontos de vista. Fique com Deus, Pedro.

Atenciosamente,

Jefferson














A Fé raciocinada e a Fé cega. O que significam ?            Padre Quevedo : Os seus Livros seriam os melhores do mundo ???            Assista ao Vídeo : O Vaticano já admite a comunicação com os Espíritos !!!            A lógica do Espiritismo frente à parapsicologia arcaica do Sr. Quevedo            Enfoques Religiosos e Científicos a respeito da existência de Adão e Eva            Católicos e Protestantes expõem seus argumentos contra o Espiritismo            Os originais em Hebraico e as divergências com as Bíblias atuais            Antigamente, a Igreja Católica aceitava a Reencarnação ...            Você sabia disso ???


PARA TOMAR CONHECIMENTO DESSES ASSUNTOS E MUITOS OUTROS, CLIQUE NO QUADRO ABAIXO :



Free Web Hosting