PROTESTANTE USA ALGUMAS PASSAGENS DA BÍBLIA PARA ATACAR O ESPIRITISMO :

olá amigo !

Recebi um e-mail seu a respeito do catolicismo e do site monfort, em primeiro lugar combato o catolicismo e o espiritismo, duas mentiras para que o homem não tenha salvação. Você mencionou algumas passagens bíblicas para repreender o catolicismo, agora é a minha vez, veja ai :

Sabia que para fazer negócios com o Espiritismo significa se contaminar, e assim tornar-se inadequado para se apresentar perante Deus para adorá-lO?

"Não vos voltareis para os necromantes nem para os adivinhos; não os procureis para serdes contaminados por eles: Eu sou o Senhor vosso Deus" (Levítico 19:31).

Sabia que Deus lança fora do Seu povo todos os que vão atrás das práticas do Espiritismo? "Quando alguém se virar para os necromantes e feiticeiros... eu me voltarei contra ele e o eliminarei do meio do seu povo" (Levítico 20:6).

Sabia que apedrejamento, levando à morte, foi a sentença que Deus proferiu contra os médiuns espíritas? "O homem ou mulher que sejam necromantes, ou sejam feiticeiros, serão mortos: serão apedrejados; o seu sangue cairá sobre eles" (Levítico 20:27).

Sabia que a feitiçaria, adivinhação, bolas de cristal, quiromancia, etc., estão aliados ao Espiritismo, e todos são igualmente condenados por Deus? "Não se achará entre ti..., adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os( mortos)" (Deuteronômio 18:10,11).

Sabia que os cananeus foram destruídos devido à participação no Espiritismo? "Pois todo que faz tal cousa é abominação ao Senhor, e... teu Deus os lança de diante de ti" (Deuteronômio 18:12).

Sabia que quando o próprio Saul consultou uma médium espírita, foi porque seus pecados haviam tornado impossível sua comunicação com Deus? "Consultou Saul ao Senhor, porém este não lhe respondeu..."(I Crônicas 10:13).

Sabia que Saul perdeu o trono e teve uma morte miserável porque essa foi a condenação de Deus por ele ter se envolvido com o Espiritismo? "Assim morreu Saul porque interrogara e consultora uma necromante" (I Crônicas 10:13).

Sabia que um dos piores pecados que o perverso Manassés cometeu foi o espiritismo? "[Ele] adivinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçaria, e tratava com necromantes e feiticeiros... para provocar [o Senhor] à ira" (II Crônicas 33:6).

Sabia que uma das razões porque Deus rejeitou Israel foi pelo seu envolvimento com Espiritismo? "Pois, tu, ó Senhor, desamparaste o teu povo, a casa de Jacó, porque... são agoureiros como os filisteus" (Isaías 2:6).

Sabia que é um insulto a Deus a consulta aos mortos, pois Ele quer que interroguemos diretamente a Ele? "Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos... acaso não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos?" (Isaías 8:19).

Sabia que o homem rico não pôde comunicar-se com seus irmãos após a morte, e Lázaro também não pôde? (Leia Lucas 16:19-31). Portanto, não é possível a comunicação com os mortos. Quem se manifesta nessas tentativas de comunicação com as pessoas falecidas são os demônios, que fingem ser essas pessoas. Os mortos não voltam. (Vejam II Samuel 12:15-23).

Sabia que Pedro condenou Simão que usava sortilégio e enfeitiçava o povo? (Atos 8:6-24).

Sabia que Paulo fez Elimas, o mágico, se tornar cego? (Atos 13:6-12).

Sabia que o médium espírita é possesso de demônios, como a jovem de Filipos, de quem Paulo expulsou um demônio em nome de Jesus. (Atos 16:16-18).

Sabia que cristãos verdadeiros não devem associar de qualquer forma com as práticas negras do Espiritismo? (Atos 19:19).

Sabia que o Espiritismo é uma das obras da "carne" e que aqueles que participam no Espiritismo nunca poderão herdar o reino de Deus? (Gálatas 5:19-21).

Sabia que aqueles que não se arrependem das práticas do Espiritismo não têm lugar no céu, mas serão lançados no lago que arde com fogo e enxofre? (Apocalipse 21:8; 22:15).

Sabia que os ensinamentos do Espiritismo são "doutrinas de demônios"?

"Ora,... nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios" (I Timóteo 4:1).

O que a reencarnação é :

A reencarnação é uma crença pagã e muito antiga sem o menor fundamento bíblico. Faz parte de muitas religiões tribais, do budismo, do hinduísmo, do espiritismo e da Nova Era. Ensina a pluralidade das existências, “em virtude da qual todas as criaturas humanas, em sucessivas encarnações, vão evoluindo gradativamente, quer no plano intelectual, quer no plano moral, enquanto que, ao mesmo passo, vão resgatando erros e crimes do passado”. O objetivo da reencarnação, diz o próprio Kardec, é a “expiação, o melhoramento progressivo da humanidade”. As novas encarnações podem se dar aqui na terra ou em outros corpos celestes, de nível moral superior ao nosso. O espírito de um homem pode encarnar no corpo de uma mulher e vice-versa.

Em que se basei :

A doutrina da reencarnação procura assentar suas bases na revelação dos espíritos. Detalhes fantásticos são aceitos e atribuídos a eles. Quando Jesus disse: “Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora” (Jo 16.12), Ele estaria se referindo a outras revelações, inclusive à lei da reencarnação, que viriam a seu tempo por intermédio dos espíritos superiores com o concurso de diversos médiuns, o que chega a ser séria irreverência para quem conhece e preza a Palavra de Deus.

Alexandre



RESPOSTA POR MIM ENVIADA :


Prezado Alexandre Blanco


Em primeiro lugar, quero lhe agradecer pela sua atenção ao meu e-mail, relativo ao Site Católico Montfort.

Suas palavras demonstram equilíbrio e maturidade, o que dá uma base sólida à sua crença. Você escreveu em um bom nível de diálogo, o que me faz agora retribuir-lhe com esta nova mensagem.

Você no início, cita passagens da Bíblia relacionando Espiritismo com necromancia, feiticeiros, adivinhos, mágicos e coisas do gênero. Depois, mais ao final, cita as obras de Kardec, as quais possuem outra filosofia de ensino. Muito bem. Acredito que Você saiba diferenciar BEM o que sejam feiticeiros, bruxaria ( Quimbanda ), mães-de-santo ( Umbanda ) etc, etc, ( as quais possuem origem afro ) do Verdadeiro Espiritismo decodificado por Kardec.

No anexo que enviei no primeiro e-mail ( Defesa contra as 20 teses.doc ) , explico boa parte desse problema. Volto então utilizar-me de alguns itens contidos nesse anexo :


ABRE ASPAS :

Em primeiro lugar, o Kardecismo ou Espiritismo não aconselha a ninguém a procurar o conhecimento do futuro, de antemão, pois temos uma missão a cumprir ( não confundir com destino ) e não devemos usar de subterfúgios para nos desvencilharmos de nossas tarefas.

Muitas pessoas confundem Espiritismo com as seitas afro acima citadas. Não as culpo. A mídia, às vezes, e de propósito, passa essa ideia de que Espiritismo não passa de oferendas nas esquinas e cantorias em terreiros.

Em segundo lugar, essas passagens da Bíblia nada têm a ver com o Espiritismo de Kardec. Se o formulador da questão ( Sr. Fedeli - Montfort ) tivesse, ao menos, noções rudimentares dos princípios espíritas, não os confundiria com as seitas afro ( Quimbanda ) e embusteiros que existem de toda sorte, como adivinhos, encantadores, pessoas que indagam aos mortos sobre o futuro, etc, os quais se utilizam de práticas pseudo-espirituais para iludir os incautos em sua boa-fé. Pitões referem-se ao adjetivo pitônico ( do Grego pythonikós ), o qual relaciona-se com os termos nigromântico e mágico. Nigromancia ou Necromancia, significam adivinhação pela invocação dos espíritos ou magia negra. Isto nada tem a ver com os ensinamentos preceituados pela decodificação realizada por Kardec em seu primeiro livro. Pitões não são Médiuns Kardecistas. Tal afirmação é no mínimo leviana e sem fundamento.

Embusteiros existem em qualquer meio, como também existem aqueles que se valem de uma batina para transparecer seriedade e respeito, mas quando se julgam protegidos pelas paredes de um mosteiro/convento, praticam as mais repugnantes barbáries, como foi o caso, reconhecido pelo próprio Vaticano, na pessoa do porta-voz da Santa Sé, Joaquín Navarro Valls, o qual confirmou, em 20.03.2001, as denúncias de que sacerdotes cometeram violências sexuais contra religiosas de vários países. O caso veio à tona há seis anos e voltou a ser citado pelo Jornal americano National Catholic Reporter, que publicou trechos do relatório enviado em 1995 ao Vaticano pela religiosa americana Mary O'Donohue.

Segundo a citada freira, casos de assédio e violências sexuais foram registrados em 23 países do mundo, entre eles Brasil e Colômbia na América Latina, além da África, Ásia, Europa e Estados Unidos. A religiosa citou inclusive o caso de um sacerdote que celebrou, pessoalmente, os funerais de uma freira morta após fazer um aborto a seu pedido. Outro caso citado foi o de um grupo de vinte religiosas que ficaram grávidas ao mesmo tempo. A irmã explica que as religiosas são escolhidas com frequência como parceiras "seguras" por sacerdotes que temem contrair Aids mantendo relações com prostitutas ( pasmem !!! ).

FECHA ASPAS.


Não praticamos nenhum tipo de ritual, não usamos quaisquer vestimentas para assistirmos nossas palestras, não possuímos imagens ( não somos idólatras ) . Tudo isso se aplica a seitas afro ( já ditas anteriormente ) e até mesmo a Católicos ( Eles possuem vestimentas próprias para a prática de rituais e são idólatras ).

Ora, se em alguns casos, existem semelhanças de alguns princípios, ( por exemplo : a umbanda acredita em reencarnação ) isso não significa identidade absoluta entre Kardecistas e Umbandistas. Assim também, como existem semelhanças de princípios entre Católicos e Protestantes, não se pode concluir pela identidade completa dessas duas religiões.

Sinceramente, Você acredita que os Kardecistas participam de Cartomancia, Jogos de búzios, quiromancia, etc ? Respondo-lhe : É EVIDENTE QUE NÃO !!!

Portanto, peço licença para discordar e dizer-lhe que as passagens da bíblia citadas por Você ( Levítico 19:31 ; Levítico 20:6 ; Levítico 20:27 ; Deuteronômio 18:10,11 ; Deuteronômio 18:12 ; I Crônicas 10:13 ; I Crônicas 10:13 ; II Crônicas 33:6 ; Isaías 8:19 ; etc, etc ) NÃO se aplicam aos Kardecistas !!!

A parábola do rico e Lázaro, também é citada no mencionado anexo, senão vejamos :


ABRE ASPAS :

- No versículo 25 temos : "...Mas Abraão lhe respondeu : Meu filho, lembra-te de que recebeste bens em tua vida e de que Lázaro só teve males ; por isso ele agora é consolado e tu és atormentado ".

A essa passagem entendemos que o rico, egoísta e endurecido, encontra, ao mergulhar no sepulcro, o seu inferno, ou seja, o sentimento de culpa e arrependimento que o faz ter a consciência do mal cometido, levando-o a um sofrimento que comparamos figurativamente ao suplício do inferno. Inferno é então um estado mental de angústia, aflição e amargura que tem a duração proporcional à gravidade dos atos praticados.

Quanto a Lázaro, pobre, submisso e resignado, sofre todas as suas duras provas e ascende, pela morte do corpo, ao céu, ou seja, à paz da consciência, à paz espiritual.

- No versículo 26, temos : "...Demais, grande abismo existe entre nós e vós, de modo que os que querem passar daqui para lá não o podem, como também não se pode passar de lá para cá ".

Tal abismo deve ser entendido como exprimindo a impossibilidade em que se encontram os Espíritos superiores de se porem em contato direto com os Espíritos inferiores, em função da diversidade das vibrações que se repelem. Porém, não se deve concluir que há impossibilidade de se ajudar àqueles que sofrem. Isso é feito por intermédio de outros Espíritos que, menos graduados, podem se aproximar dos que se encontram numa situação de angústia e cercá-los dos cuidados de que necessitem.

Pela mesma razão, os espíritos inferiores não podem elevar-se aos planos onde pairam os bons espíritos, antes que se processe a depuração dos males que praticaram, através do arrependimento e sincera disposição para o bem.

- No versículo 27 temos : ...Disse o rico : "...Eu então te suplico, pai Abraão, que o mandes à casa de meu pai... para lhes dar testemunho destas coisas ..."

A hipótese desse pedido, formulada na parábola, mostra ser real a crença na comunicabilidade dos mortos ( o rico ) com os vivos ( os parentes do rico ), crença que de fato, era corrente entre os judeus.

A tal pedido, porém, responde Abraão, mostrando ser absolutamente inútil, como ainda hoje se comprova também inútil toda e qualquer comunicação dos espíritos com os sistematicamente incrédulos. Realmente, de que serviria aos irmãos do rico, os quais também eram dominados pelo egoísmo, ouvirem advertências do espírito de Lázaro ou de qualquer outro desencarnado ? Responderiam com um encolher de ombros, considerando alucinação ou sonho a aparição que pudessem ver.

FECHA ASPAS.


Bom, tudo é questão de crença. NA BÍBLIA, PODEMOS ENCONTRAR INTERPRETAÇÕES QUE AGRADEM A GREGOS E TROIANOS.

Você diz que nós ( Espíritas ) não aceitamos Cristo como Salvador e que cabe a cada um o seu salvamento. Esse é mais um princípio Espírita mal entendido, pois é EVIDENTE que o Cristo de Deus é o Salvador da Humanidade, oferecendo sua Mensagem de vida eterna como roteiro, como o caminho e a verdade que Ele mesmo se proclamou. Ele é exemplificação e modelo, mas compete a cada criatura seguir o caminho indicado, com esforço, com amor, com dedicação E NÃO FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS, UMA VEZ QUE JÁ "ESTARÍAMOS" SALVO PELO SANGUE DE JESUS NO CALVÁRIO.

PREGAR QUE A REDENÇÃO DA CRIATURA SE FAZ UNICAMENTE PELA CRUZ NÃO PELO ESFORÇO DE CADA UM, É INCENTIVAR A INDIFERENÇA PELA VIDA, IGUALANDO BONS E MAUS. É, IGUALMENTE, DESPREZAR A JUSTIÇA DIVINA, NA SUA FUNÇÃO DE DAR A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS, COMO ENSINOU O CRISTO !

A missão maior de Jesus foi, antes de tudo, mostrar o caminho da salvação e não dar-nos a perfeição sem que nada tivéssemos feito por merecê-la. Não parece meio estranho sermos salvos porque algumas pessoas usaram de violência e mataram um inocente ? Esse foi o prêmio que Jesus nos deu por O termos matado ? Prefiro crer que serei salvo porque Jesus viveu e não porque O matamos.

Sempre acreditei em Jesus e em sua missão. Quando estou triste e abatido é a Ele a quem recorro e Lhe peço auxílio. Quando estou alegre, também me lembro Dele para agradecer.

Bom, já falei demais. Volto a repetir, Você demonstrou bom senso, equilíbrio e maturidade.

Não tinha a intenção de fazer ninguém mudar de opinião. Aqueles que são Católicos, Adventistas, Evangélicos, etc, fervorosos, não vão mudar de ideia por causa de um e-mail. Minha intenção era apenas de citar alguns fatos históricos que constam do meu Site ( http://jefferson.freetzi.com ) e outros que considero uma afronta aos ensinamentos de Cristo ( como foi o caso do Sr. Fedeli, do Site Montfort, defender o ouro e o luxo no Vaticano ) e também de rebater as vinte teses contra a reencarnação. Existem VERDADEIRAS ABERRAÇÕES nas teses do Sr. Fedeli, contra a pluralidade das existências. Não quero aqui que Você passe a acreditar em reencarnação. Foi só uma resposta a essas 20 teses.

Todos têm o direito de defender seus princípios. Defender é diferente de combater. Não combato nenhuma religião, pois não me considero em posição de julgar ninguém. Somente Deus o fará um dia a cada um de nós.

Possuímos crenças diferentes, é verdade, mas não é por isso que vamos nos agredir mutuamente. Pelo contrário. Devemos sempre respeitar a opinião e principalmente a religião das outras pessoas.

Mais uma vez agradeço. E que Deus continue a iluminar o seu caminho e o seu proceder para com o próximo.

Abraços Fraternos

Jefferson



PROTESTANTE VOLTA A ENVIAR MENSAGEM :


Bom dia amigo Jeferson !

Em primeiro lugar gostaria que você anotasse ai meu novo e-mail : (xxxxxxxx), pois o ig está muito lento e o globo.com está com problemas, recebi seu e-mail e vejo também que você é uma pessoa bem isntruida e de boa educação, parabéns, vejo que podemos ser grandes amigos não é ?

A propósito do Sr. Fedeli do site monfort, sendo uma pessoa muito mal educada e achador da verdade, me passou vários e-mails absurdos, sobre o que eles seguem, tudo sem respaldo bíblico.

Ao nosso caso, lhe mando um abração e gostaria de que você me explanasse a passagem bíblica que Paulo escreveu, pois Paulo era muito bem informado e culto, em Hebreus cap. 9 está escrito " Ao homem é dado o direito de viver uma única vez, vindo depois disso o juízo". Juízo esse, da salvação ou perdição, pergunto, como haveria reencarnação se ao homem é dado o direito de viver uma única vez ?

outra, quando Jesus morreu na cruz, diz a escritura no livro de mateus que o véu se rasgou de alto a baixo e o céu escureceu e todos os MORTOS enterrados naquela região RESSUCITARAM, ora, aqueles mortos se haveriam de reencarnar, eles nao deveriam estar em outros corpos ?

outra, no livro de jó diz que aquele que desce a sepultura, jamais retornará a essa vida, então amado amigo, não posso crer nessa doutrina, mas respeito aqueles que assim acham.

Olha, uma grande abraço de seu amigo, gostei muito de você, sinceramente.

Ps. Te amo em Cristo JEsus, fique na paz.

Alexandre Blanco



NOVA RESPOSTA DADA AO AMIGO ALEXANDRE :


Prezado Alexandre

Foi com grande satisfação que li o seu e-mail. Acredito que são vários os caminhos que levam a Deus, desde que haja sinceridade no coração e bem querer ao próximo.

Como Você disse, o IG está muito lento, e nas vezes que eu tentei enviar a mensagem para Você ontem, o sistema dava avisos de erro, e assim eu ia clicando várias vezes no botão ENVIAR. Gostaria de saber, então, se Você recebeu o meu ultimo e-mail mais de uma vez, ou seja, a mesma mensagem repetidamente.

Alexandre, não sou bom conhecedor da Bíblia. As poucas passagens que interpretei, foram através da ajuda que obtive de amigos. Com relação à primeira indagação sua, posso responder utilizando-me dos dizeres de alguém que realmente conhece bem os Textos Evangélicos. Você perguntou :

Em Hebreus cap. 9 está escrito " Ao homem é dado o direito de viver uma única vez, vindo depois disso o juízo". Juízo esse , da salvação ou perdição, pergunto, como haveria reencarnação se ao homem é dado o direito de viver uma única vez ?

RESPOSTA :


ABRE ASPAS :

                Em primeiro lugar, acredito que tenha havido algum engano da sua parte, pois em Hebreus 9, 27, está literalmente escrito, segundo a Bíblia Evangélica da SBB - Sociedade Bíblica do Brasil : " E, assim como aos homens está ordenado MORREREM uma só vez e, depois disto, o juízo ". ( destaque nosso). Confira em sua Bíblia.

                A passagem de Hebreus 9, 27 é citada inúmeras vezes como argumento contra a Reencarnação. Se Paulo estivesse querendo dizer que temos uma só vida aqui na Terra, por que ele então, não disse assim : Ao homem está determinado VIVER uma só vez ? No Novo Testamento é narrada a ressurreição da filha de Jairo, do filho da viúva de Naim e de Lázaro. Se de fato houve essas ressurreições, vale dizer que Eles morreram DUAS vezes !!! E aí, como ficamos diante da afirmativa citada ???

                E se eles não morreram duas vezes, temos que procurá-los para colocar esses indivíduos no Guinness, o Livro dos Records, pois a essas alturas, eles teriam mais de 2.000 anos !!!


                Já tinha ouvido o comentário, de um detrator do Espiritismo, de que essas foram as exceções à Carta de Paulo aos Hebreus ...

                Exceções ??? Ora, não são só três. Essas são só as mais conhecidas. Como se não bastasse, há na Bíblia a narrativa de 8 (oito) casos de ressurreição ( retorno do espírito ao corpo que jazia morto ).

                3 (três) ocorreram no Velho Testamento : O primeiro está no I livro dos Reis, no capítulo 17, versículos 21 e 22 ; o segundo, no II livro dos Reis, no capítulo 4, versículos 32-37 ; e o terceiro, também no II livro dos Reis, no capítulo 13, versículos 20 e 21.

                Os outros 5 (cinco) casos são narrados no Novo Testamento. Três deles foram realizados por Jesus, e os outros 2 foram realizados por Pedro e por Paulo, respectivamente, narrados nos Atos dos Apóstolos, capítulo 9, versículos 36-42, e capítulo 20, versículos 7-12. Os realizados por Cristo são citados em Mateus, capítulo 9, versículos 18-25; Lucas, capítulo 7, versículos 11-17 e João, capítulo 11, versículos 1-43.

                Não restam dúvidas de que esses oito casos de ressurreição contrariam a passagem de Hebreus 9,27. Todavia, a Reencarnação não vai de encontro ao referido versículo, que é a pura expressão de uma Lei Divina irrevogável : A morte do corpo físico dá-se uma única vez e é um fenômeno irreversível.

                Pode-se, então, concluir que Deus abriu oito exceções a uma de Suas Leis ??? Ora, não é a verdade, porque a concessão de privilégios é atitude própria dos seres imperfeitos, como nós, os homens, mas não dos seres perfeitos, como Deus. É uma questão simples, de raciocínio lógico. Deus é imutável porque é perfeito, pois a onisciência é um de Seus atributos. Portanto, se Ele abre exceções, deixa de ser imutável. E se privilegia somente 8 seres humanos com uma segunda vida, no mesmo corpo de carne e no mesmo período terreno, está agindo com parcialidade, quando sabemos muito bem que Deus é um Ser imparcial, porque trata a todos igualmente. As desigualdades que existem no mundo são consequências dos atos e ignorâncias humanas.

                Ademais, Paulo, não estava de forma alguma combatendo a Reencarnação, pois não é o contexto dessa narrativa. Mas, por outro lado, não deixa de ser uma verdade, já que o corpo que possuímos em cada Reencarnação, realmente morre somente uma vez.

Além disso, esse versículo tem sido uma pedra de tropeço para todos os que desconhecem o que realmente é a reencarnação, limitando-se a ler a letra que mata e não percebendo o espírito que vivifica. Não há contradição nenhuma entre o que diz Paulo nesse versículo e a teoria da reencarnação. Mas vamos por partes :

* Inicialmente, ninguém precisa acreditar na reencarnação como dogma, pois que ela existe, creiam os homens nela ou não. Da mesma maneira, não é pelo fato de alguns homens não crerem em DEUS que Ele deixará de existir.

* Um Espírito necessita conhecer e praticar o Bem, progredir, evoluir e subir tanto, tanto, que chegue, como diz Paulo na Epístola aos Efésios, a ser igual a JESUS. Eis suas palavras: "Até que todos cheguem à unidade da Fé, ao pleno conhecimento do FILHO DE DEUS, ao estado de homem feito à medida da estatura da plenitude do CRISTO" (Efésios, 4: 13).

* Ora, haverá homem sobre a face da Terra que tenha a pretensão de poder chegar até essa altitude numa só vida humana ? Percorrendo a história da Humanidade, APONTEM-NOS QUEM JÁ CHEGOU LÁ, EXCETO O PRÓPRIO JESUS ? No entanto Paulo diz: "...até que TODOS cheguemos..." TODOS ...

* "Então se o Espírito necessita evoluir até esse ponto, evidentemente o fará por intermédio de muitas vidas no corpo, neste tabernáculo no qual habitamos temporariamente, no dizer de São Pedro" (II Pedro, 1: 13 e 14).

* Ora, é fora de qualquer dúvida que cada homem só pode morrer uma vez...e depois disso vem o juízo que determinará para onde irá o Espírito : para as zonas de luz ou para as zonas de trevas. Só morreram "duas vezes", segundo a interpretação comum, aqueles que foram ressuscitados, como Lázaro... ninguém mais. Cada homem (conjunto de Espírito e corpo) só pode morrer uma vez. Porque, separado que esteja do corpo, não mais se poderá a ele se unir, a não ser por outro nascimento.

* Então qual a dificuldade de compreender-se, dentro da teoria da reencarnação, a frase de Paulo ? Nenhuma. Está certíssima : "É ordenado aos homens que morram uma só vez, e depois disso vem o juízo".

* Entretanto é inegável que o homem morre, ou seja, que a personalidade deixa de existir, naquela sua união terrena. E isso logicamente só pode OCORRER UMA VEZ em cada personalidade, em cada homem.

* Desaparece, então, a personalidade daquela vida terrena. Mas prossegue, em forma ainda invisível aos sentidos da maioria dos seres humanos, a parte eterna de todos nós: o Espírito imortal, a Individualidade. Diz o CRISTO que o Espírito sopra onde quer, isto é, manifesta-se onde for necessário à sua evolução, até integrar-se no Amor Universal, em DEUS. E isto, na Terra, se dá por meio das reencarnações.

Além de tudo isso ( e por outro lado ), se formos analisar tudo ao pé da letra, ficaremos diante de uma contradição, senão vejamos : Se LOGO EM SEGUIDA à nossa morte, virá o juízo ( pressupõem-se que cada um terá um juízo após a sua morte ), qual a necessidade do JUÍZO FINAL, tão apregoado pelas Religiões Ortodoxas, se anteriormente já fomos julgados ? Será que se formos condenados ao "inferno" no primeiro juízo poderemos de lá sair quando do juízo final ? Ficam aí estas perguntas para quem quiser responder.

FECHA ASPAS.


Em sua outra indagação, Você se reporta à morte de Jesus na Cruz. Diz a escritura no livro de Mateus que o véu se rasgou de alto a baixo e o céu escureceu e todos os MORTOS enterrados naquela região RESSUSCITARAM, ora, aqueles mortos se haveriam de reencarnar, eles não deveriam estar em outros corpos ? Outra, no livro de jó diz que aquele que desce a sepultura, jamais retornará a essa vida.

Vamos às palavras que recebi de um amigo espiritualista :

RESPOSTA :


ABRE ASPAS :


* Há que se levar em conta a linguagem figurada apresentada em muitas passagens da Bíblia, o que inviabiliza toda e qualquer interpretação literal. O que a morte queria dizer, nesse contexto, na cabeça de um judeu há 2000 anos ? Teria o mesmo significado para um brasileiro, espírita, Evangélico ou mesmo um católico dos tempos atuais ? Será que "morte" não era um termo também associado ao pecado, de forma que se dissermos que alguém está em pecado é como se ele estivesse a caminho da morte ? E Ressureição ? Ressureição era um termo amplamente usado naquela época, e que significa ressurgir para uma nova vida. Em um sentido figurado, não há dúvida que podemos entendê-lo como renascimento para uma nova vida, livre dos erros anteriores que o estavam levando para morte, a qual também poderia significar condenação do espírito que insiste em viver em pecado. Já o dissemos : Em muitos casos, não se pode interpretar a Bíblia literalmente, ou seja, ao pé da letra. NA BÍBLIA, PODEMOS ENCONTRAR EXPLICAÇÕES QUE AGRADEM A GREGOS E TROIANOS.

Consideramos mais produtível utilizarmos a fé raciocinada e continuar no terreno das argumentações lógicas que podem ser discutidas sem o fator emocional, subjetivo por natureza. Ao contrário, a Fé cega, a que renega o equilíbrio e o livre-arbítrio, limita-se a ler a letra que mata e não percebendo o espírito que vivifica, como já foi dito anteriormente.

FECHA ASPAS.


Bom amigo, cada um possui o direito de interpretação e todos nós buscamos a verdade. NINGUÉM pode se dizer DONO DA VERDADE, como é o caso do Sr. Fedeli, do Site Montfort.

Como já disse anteriormente, em meu Site ( http://jefferson.freetzi.com ) eu relato vários fatos históricos sobre os Concílios de Constantinopla (553 D.C) e de Niceia (325 D.C), os quais mudaram o rumo dos ensinamentos bíblicos; cartas trocadas com assessores do Padre Quevedo e outros assuntos. Alexandre, não sei exatamente qual a sua Religião. Por favor, se Você visitar o Site, peço que não fique chateado com algumas colocações que faço a respeito desses temas. Não tenho a intenção de magoar ninguém, mesmo porque a maior parte do material que lá se encontra foi copiado de historiadores idôneos e respeitáveis.

Um grande abraço e que a Paz de Cristo esteja sempre com Você e sua Família.

Jefferson














A Fé raciocinada e a Fé cega. O que significam ?            Padre Quevedo : Os seus Livros seriam os melhores do mundo ???            Assista ao Vídeo : O Vaticano já admite a comunicação com os Espíritos !!!            A lógica do Espiritismo frente à parapsicologia arcaica do Sr. Quevedo            Enfoques Religiosos e Científicos a respeito da existência de Adão e Eva            Católicos e Protestantes expõem seus argumentos contra o Espiritismo            Os originais em Hebraico e as divergências com as Bíblias atuais            Antigamente, a Igreja Católica aceitava a Reencarnação ...            Você sabia disso ???


PARA TOMAR CONHECIMENTO DESSES ASSUNTOS E MUITOS OUTROS, CLIQUE NO QUADRO ABAIXO :



Free Web Hosting