DIRETOR DO MOVIMENTO ECUMÊNICO ESPIRITUALISTA UNIVERSAL - MEEU, DEBATE SOBRE DEUS - A CAUSA PRIMÁRIA DE TODAS AS COISAS :



Amigo Jefferson, paz.


Estou para lhe responder desde o feriado, tive um fim de semana oriental: cudei do jardim. Temos em nossa casa um pequeno jardim ao qual resolvi me dedicar. Passei horas idelizando e plantando as sementes e mudas com minhas mãos. Realmente não existe nada mais relaxante, apesar do cansaço da enxada para limpar o terreno.

Com relação as dicas sobre os apócrifos, agradeço de todo o coração. Ainda não acessei a páginas, mas com certeza irei olhar.

Já que você está disposto, amigo, vamos lá. A espiritualidade nos passou um conhecimento ao qual ela entitulou: Deus Causa Primária das Coisas.

Na verdade esta informação está contida na resposta da espiritualidade à primeira pergunta de Kardec: "O que é Deus ?" Entretanto esta resposta sempre vi utilziada para as coisas, mas não para nós, seres humanos. Sempre achamos que tinhámos o livre arbítrio de fazer o que quer da nossa vida e que Deus estaria lá em cima nos analisando e nos julgando pelos nossos atos.

A espiritualidade afirma que isto não é verdade, e que tal informação já havia sido passada ( pergs. 525 a 527 do Livro dos Espíritos ) Segundo comentário de Kardec neste próprio capítulo, "pensamos erradamente que a ação dos espíritos só deve manifestar-se por fenômenos extraordinários." Continua o codificador: "Assim, por exemplo, eles provocarão o encontro de duas pessoas, o que parece dar-se por acaso; inpirarão a alguém o pensamento de pssar por tal lugar; chamarão sua atenção para determinado ponto, se isso pode conduzir ao resultado que desejam, de tal maneira que o homem, não julgando seguir senão seus próprios impulsos, conserva sempre seu livre-arbítrio."

Juntando as duas informações, a espiritualidade nos ensina: todos os atos do ser humano, inclusive os seus pensamentos, na forma, nada mais são do que frutos de induções do plano espiritual obedecendo aos desígnios de Deus. Desta forma, ele seria a causa primária de tudo o que nos acontece.

Claro, como você deve estar se perguntando, questionamos sobre o livre arbítrio. A resposta foi que nosso livre arbítrio não está em praticar atos, mas em escolher sentimentos para praticar atos. Como espíritos que somos, não vivemos uma vida material, apesar de nos encontrarmos presos a esta matéria, mas sim atos espirituais e o espírito vive para sentir.

Assim, baseado no ensinamento de Jesus, a espiritualidade nos declarou que o nosso livre arbítrio é praticar todos os atos, inclusive o pensamento e receber todos aqueles praticados por outras pessoas frente a nós, com amor ou sem amor (amar a Deus, amar a si e amar ao próximo).

Quando praticamos qualquer ato com amor, Deus causará posteriormente um ato positivo pois tivemos o merecimento disto ao cumprir a lei do Pai. Se emitimos sentimentos negativos, Deus causará posteriormente atos negativos pois tivemos um merecimento negativo ao quebrar as Suas leis.

Mantêm-se, desta forma, todo o texto escrito por Kardec neste parágrafo, bem como no restante do Livro dos Espíritos. Como afirmou Jesus, não se muda a lei (nem uma vírgula ou um ponto), mas dá-se para ela uma nova visão. Este novo entendimento parte da visão que não somos alma ou seres humanos, mas sim espíritos, desde o nascimento até a morte. Entretanto estes dois últimos processos (nascimento e morte) passam a não mais existir pois o espírito nunca se mudará na essência.

Isto, amigo, me explicou como é que uma pessoa pode fazer algo contra mim. Se Deus é a Justiça Perfeita, como está no livro dos espíritos, e é Ele quem faz os atos na sua forma, sei que todos que praticam atos contra mim, na verdade o estão fazendo da forma que Deus mandou que fôssem executados. Se é Deus quem os está executando através de um espírito na carne, e se Ele é justo, aquele ato é justo. Portanto, a pessoa só poderá fazer contra mim o que Deus quiser que seja feito e Ele só deixará acontecer o que eu tiver merecimento.

Não sei se estou me explicando direito, mas a vida faz sentido. Deixamos de olhar os outros como causa de nossos problemas e descobrimos que eles são instrumentos de Deus para nos mostrar o quanto estamos utilizando de sentimentos negativos nosatos que ele nos manda praticar.

Não sou eu que olho o ato de alguém e penso alguma coisa, mas este pensamento me é intuído porque usei determinado sentimento. Assim, se olho para alguém e me é sugerido um pensamento de crítica quanto ao seu proceder, modo de vestir, limpeza, etc., na verdade este pensamento foi sugerido porque usei o sentimento de crítica. Não importa como as pessoas se portam ou se vestem, EU É QUE NÃO POSSO CRITICAR.

Tudo isto não quebra nem fere as leis dos profetas, as leis de Jesus ou as de Kardec, mas apenas atualiza e ensina que devemos aceitar tudo e não colocarmo-nos, como sempre fazemos, como vítimas. Sempre estamos buscando "carrascos" apra os males que nos afligem e sempre acusamos a Deus de permitir que eles assim ajam. Lembremo-nos: não cai uma folha da árvore sem que o Pai á faça cair.

Desculpe, mas as idéias me atropelaram. Acredite-me, amigo, já passei muito tempo tentando entender porque as coisas me aconteciam buscando respostas em atos de outras vidas, mas Deus está tão presente que na verade a maioria das coisas que nos acontecem são frutos do momento anterior.

Vou parar por aqui. Se ainda tiver coragem de conversar comigo depois de todas estas coisas que falei, que não fogem ao que você conhece, mas que na verdade estão milhares de quilômetros distantes delas, estarei sempre às ordens.

Hoje recebi um e-mail em resposta ao meu convite para ler a palestra de Zytos, que aliás traz todo este ensinamento. Um irmão me disse que o ecumenismo era tarefa impossível de se alcançar. É sim, amigo, se nós não nos mudarmos. O que acontece hoje é que as pessoas sentaram-se em cima de verdades criadas e não mais discutem o tema: ou você é do meu lado ou é contra mim.

Vou redirecionar um e-mail que recebi de um grupo que assino e que, como já disse anteriormente a você, é um movimento que vem tomando conta do espiritismo. Enquanto os dirigentes espíritas afastarem a espiritualidade dos centros, legando ao homem sem visão espiritual a transmissão das leis de Deus, é impossível se conseguir bom resultado pois como ele passará se ainda não conhece a verdade?

Fique com Deus, amigo, que Jesus lhe abençôe, e que Nossa Senhora lhe cubra com o seu manto de compaixão.

FIRMINO JOSÉ




RESPOSTA ENVIADA AO FIRMINO JOSÉ :



Estimado Amigo Firmino


A natureza nos dá amplas possibilidades de admirá-la e também de cuidarmos dela. E aqui no Rio de Janeiro, as belezas naturais são um colírio. Não sou Carioca, mas aprendi a admirar essa cidade, mesmo com todos os seus problemas. Cuidar de jardim, é uma maneira direta de demonstrarmos nosso zelo pela natureza, em especial, pelas plantas. O contato com a terra equilibra os sentidos físicos, o espírito, e assim nos harmonizamos com o "eu" interior.

Firmino, tenho uma posição definida quanto à questão : Deus, causa primária de todas as coisas. Esse assunto é muito vasto e admite vários ângulos de análises. Primeiro, acredito que Deus, não tendo princípio e nem fim, sabe tudo, mas invariavelmente tudo o que nos aconteceu, acontece e acontecerá, pois é onisciente. Mas daí concluirmos que tudo o que nos acontece, até mesmo o mal, vem exclusivamente de Deus, eu já não concordo.

Tomemos como exemplo, essa tragédia que aconteceu nos Estados Unidos. Será que Deus tem alguma participação nesses lamentáveis episódios ? É Claro que não !!! Mas é preciso que se defina bem o livre-arbítrio...

Os interesses políticos e pessoais estão por detrás de tudo o que aconteceu. Infelizmente, pessoas que cultivam sentimentos de domínio, orgulho, avareza, ignorância, dão guarida a espíritos impuros que lhes incutem a ideia de dominação das massas. Esses "líderes", como Ozama Ben Laden, as alas extremistas do fundamentalismo islâmico, as ideias extremistas do islã, na sua forma deturpada pelos fanáticos religiosos, resultam na barbárie que o mundo presenciou. Esses indivíduos, movidos pelo sentimento de ódio, manipulam os ensinamentos do Alcorão, Livro Sagrado dos muçulmanos para ensinar que, o sacrifício de inocentes é plenamente amparado por Mohammad ( Maomé ). E há filas de voluntários para executarem o terrorismo, pois acreditam que depois de tudo, serão recompensados com o paraíso !!!

Será que tudo o que foi dito acima é vontade de Deus ? Mais uma vez eu digo : É claro que não !!!

O que eu quero dizer é que concordo com o que Você disse, ou seja : "...pensamos erradamente que a ação dos espíritos só deve manifestar-se por fenômenos extraordinários." Continua o codificador: "Assim, por exemplo, eles provocarão o encontro de duas pessoas, o que parece dar-se por acaso ; inpirarão a alguém o pensamento de passar por tal lugar ; chamarão sua atenção para determinado ponto, se isso pode conduzir ao resultado que desejam, de tal maneira que o homem, não julgando seguir senão seus próprios impulsos, conserva sempre seu livre-arbítrio."

Na minha modesta opinião, acredito que o início de tudo é a base dos nossos sentimentos : Se constantemente temos ódio, se somos vingativos, mesquinhos, etc, abrimos nossa guarda para espíritos impuros que alimentarão ainda mais a torpeza de nossa alma. Ao contrário, se procurarmos voltar nossos propósitos para o bem, seremos agraciados com a presença de Espíritos de Escol.

Quando agimos mal com o nosso semelhante, nosso perispírito fica impregnado de energias negativas, as quais têm que ser depuradas, e muitas das vezes, isso é feito em circunstâncias penosas. Não é Deus que nos castiga ! Nós é que somos os únicos responsáveis pelos nossos atos ! Quantas vezes eu me vi em situações difícies, sem que nada tivesse feito para merecê-las, mas, depois de algum tempo, percebia ( lembrava ) que, em ocasiões anteriores, fiz algo bastante semelhante ( mesmo involuntariamente ) com pessoas que também não mereciam. Acredito que parte do que nos acontece, é um acerto do que fizemos nesta vida, mas boa parte não encontra explicação, em momento algum de nossas vidas. Aí, eu só encontro explicações nas mazelas de outras existências.

A Lei do equilíbrio universal regula todos os acontecimentos. Não devemos ser indiferentes com o sofrimento alheio. Se podemos ajudar, devemos fazê-lo. Se podemos evitar o sofrimento, também devemos agir. Mas há casos que fogem ao nosso controle e aí opera-se a citada Lei. A legião de Espíritos que lhe dão curso, influencia-nos a todo instante.

Bem, é esse o meu modo de pensar. Quero dizer que não esgotei o assunto ( seria muita pretensão da minha parte ), pois como disse antes, o mesmo é vasto e admite muitas interpretações. Não sou dono da verdade, essa só se encontra em Deus. E devemos buscá-la com humildade e certos de que ainda temos muito a aprender.

Abraços fraternos

Jefferson



RETORNO DE FIRMINO :



Amigo Jefferson,


É um prazer receber mais uma vez o seu e-mail. Você não imagina que alegria me dá sempre que posso conversar abertamente com pessoas sobre as coisas de Deus. Infelizmente nestes dias as pessoas estão mais preocupadas em ser do que em estar.

Se me permite, gostaria de fazer alguns comentários sobre a sua resposta. Antes de mais nada quero dizer que ela também foi a minha por muitos e muitos anos. Desde comecei no espiritismo, cobrei de mim mesmo fugir da idolatria e não acreditar que tudo acontecia por causa dos espíritos.

SERÁ QUE DEUS TEVE ALGUMA PARTICIPAÇÃO COM OS ACONTECIMENTO DOS EUA ?

A este respeito quero comentar duas informações. Desde janeiro do corrente ano fomos informados pela espiritualidade que fatos aconteceriam e que mudariam a história da humanidade, dando início ao processo de transformação planeta. Os amigos espirituais não entraram em detalhes naquela época, mas depois do sucedido analisaram para nós o contido na "A prostituta" do Apocalipse de João e nos mostraram que tudo já estava escrito e que decorreram os fatos da vontade de Deus.

Recebi também uma mensagem, que se me permite transcrevo abaixo:

FASE DE TRANSIÇÃO

"Caríssimos! Avizinham-se grandes acontecimentos em vosso orbe. Estais, já sabeis, vivenciando a fase de transição do planeta e, por isso, grandes catástrofes têm acontecido e dizimado vidas de forma avassaladora. Julgais, por acaso, que a Providência Divina está de olhos fechados aos acontecimentos ? Não ! Os espíritos que trabalham em nome do Bem presidem toda a transformação anunciada. Sabeis, de há muitos séculos, que um dia este planeta passaria por tais transformações. O profeta já anunciara, antes de Jesus, que todas as coisas aconteceriam e que no fim de tudo Ele estaria entre vós.

Sabeis, amados irmãos, que muitas coisas escondidas hão de ser descobertas, no sentido verdadeiro da palavra. As iniquidades multiplicar-se-ão porque a indignação dos justos fará aparecer as obras daqueles que trabalham em seu próprio benefício, atrasando o progresso espiritual e proporcionando sofrimentos de toda ordem para comunidades inteiras. As situações mais bizarras surgirão em vosso meio e despertarão os instintos mais animalizados nos que se afinizam com as práticas e atitudes que, na verdade, são marcas de espíritos em atraso e que se locupletam com a imoralidade, a sensualidade, a vileza, a falta de modéstia, a hipocrisia, a maledicência e tudo que caracteriza a ignorância.

Não penseis, porém, que essas atitudes estarão em pessoas que não tiveram a oportunidade do aprendizado. As marcas do Mal aparecerão entre os mais favorecidos, pois é no meio deles que a chaga maior da humanidade, o orgulho, encontra excelente terreno para germinar sua semente. O fruto dela se vê pelo comportamento alienado dos que detêm a fortuna em quantidade...

Grandes transformações podem se realizar em vossas vidas se tiverdes a disposição de conhecer Jesus. Ele é o grande condutor de almas. Ninguém entra na compreensão do Reino de Deus sem que tenha em seu coração a essência de seus ensinos. Não vos embriagueis com o brilho do ouro que hoje é e amanhã não mais existe. Não deixeis embotar vossa consciência com a possibilidade dos primeiros lugares na festa, pois Jesus veio para os humildes, pequeninos e puros de coração.

Atentai para essas coisas, vós que hoje ledes estas palavras. Retirai de vossa face o véu da interpretação duvidosa e abraçai Jesus nestes tempos em que o mundo agoniza e a humanidade clama por socorro. Tendes Jesus! Ele olha para todos com os olhos do Pai que chama o filho rebelde e que compreende a sua imaturidade, mas também deixa com cada um a escolha entre o salvar-se e o perder-se. Meditai sobre estas palavras e orai! Dia virá em que os justos serão reunidos sobre a bandeira da fraternidade. E as palavras das Escrituras se cumprirão, apesar da excentricidade da humanidade que busca resposta em muitos caminhos sem entrever o único, real e verdadeiro. Que a luz do ensino de Jesus faça eco em vossos corações. Paz e Sabedoria para todos".

Espírito: Um Espírito Protetor Sociedade de Estudos Espíritas Allan Kardec São Luís - MA Data: 26.10.99

Eis aí, amigo a verdade. Foi obra de Deus, através dos espíritos do bem os fatos acontecidos nos EUA. Como disseram os espíritos a Kardec ( perg. 527 ) o raio ( avião ) explodiu sobre esta árvore ( torres ) porque estava nas leis da natureza ( Deus ) que fosse assim, mas foi inspirado ao homem ( aqueles que passaram pelo episódio ) se refugiar sobre a árvore na qual o raio deveria desabar.

BASE DA VONTADE DE DEUS

Mas, em que se baseia Deus para fazer acontecer alguma coisa conosco ? Exatamente o que você falou : nossos sentimentos. Se analisarmos o raciocínio ( base para atitudes ) encontraremos dois elementos componentes: o pensamento e o sentimento.

O pensamento é a história que formamos na cabeça descrevendo a pessoa ou ato que é objeto do raciocínio. Segundo a espiritualidade esta é parte da indução que os espíritos nos fazem. Todas as histórias são formadas a partir da intuição que os amigos espirituais nos remetem, como mensageiros de Deus.

Entretanto, como Deus é justo, estes pensamentos não são causa, mas efeito do sentimento que nutrimos naquele momento. Por exemplo : Se vejo uma pessoa como má é porque nutri contra ela sentimentos negativos ( ódio, raiva, ganância ), etc. Quando coloco o sentimento positivo a espiritualidade nos faz "ver a pessoa com outros olhos".

Assim, a Lei do Equilíbrio Universal fica assegurada. Na verdade, então, o pensamento induzido que leva a um ato já esperado, é um merecimento pelo sentimento que nutrimos. Este merecimento pode ser resultado de um sentimento nutrido no minuto anterior, na hora anterior, no dia anterior ou ainda de encarnações remotas.

Como você disse, muito bem dito, os acontecimentos dos EUA tiveram origem nos interesses políticos e pessoais que levam ao sentimento do domínio, orgulho, avareza, ignorância, etc. Mas não foram executados pelo livre arbítrio na sua forma pelos terroristas, mas sim seguindo inspiração espiritual de Deus para que se fosse feita a justiça.

A OUTRA VISÃO

Entregar o comando da situação aos terroristas ou a espíritos impuros que comandariam os atos deste elementos é o mesmo que criar uma outra causa primária da humanidade. Além da visão de que as coisas foram mandadas executar na forma por Deus, existem mais duas situações possíveis:

1) Os terroristas eram figuras tão importantes que conseguiram executar um ato sem aprovação de Deus, ou ainda foram mais fortes que a vontade do Pai. Desta forma, voltariamos a luta de Deus com o Diabo : o duelo de poder, que Kardec eliminou quando trouxe a racionalidade para a vida espiritual ;

2) Deus ficou a tudo assistindo e agora prepara-se para dar o "castigo" a quem matou inocentes. Onde está a Justiça neste Deus ? Aqueles que saíram da carne ( não houve morte, fim, mas só desencarne ) poderiam chamar um "conselho universal" pedindo que fosse feita justiça contra Deus que sabia de tudo que ia acontecer e deixou eles, pobres inocentes, serem vítimas de "loucos". Os que assim pensam, transformam-se nos obsessores de amanhã, os que aceitam a vontade de Deus pois O sabem justo, perdoam seus algozes pois reconhecem o seu merecimento.

Desculpe o tamanho deste e-mail, amigo, mas como disse a você este assunto mudou a minha vida. Descobri que como Jó no seu livro bíblico, vivemos constantemente a acusar Deus de injusto. Procuramos sempre mostrar ao Pai que nós é que estamos com a razão e não Ele. Quando se penetra neste ensinamento nada mais passa a ser mau, mas sim uma negatividade criada por Deus para que aprendessemos a lição.

Queremos ser vítimas para poder ganhar o carinho. É isto que fazemos com nossos filhos, com nossas esposas, com nossos amigos e também com Deus. Quando aprendermos que o carinho que Deus quer é a Verdade, a Justiça e o Amor, falaremos a mesma língua Dele.

Fique com Deus, amigo. Espero não ter sido incisivo demais na minha resposta, mas como disse anteriormente, tenho enorme prazer em falar das coisas de Deus.

FIRMINO JOSÉ



NOVA RESPOSTA ENVIADA A FIRMINO JOSÉ :


Prezado Firmino


Em primeiro lugar quero lhe pedir desculpas pela demora em responder-lhe. É que estou aguardando uma mensagem de um amigo Espírita, sobre os atentados nos E.U.A, a qual poderia auxiliar na minha resposta a Você. Mas como até agora não tive retorno desse Amigo, resolvi escrever-lhe.

Firmino, entendo e respeito a sua posição ao defender que tudo emana de Deus, inclusive o mal, o qual é utilizado para uma causa maior. Agora, uma coisa eu gostaria que ficasse bem clara, e acho que Você também concorda : Deus é Onisciente : Tudo sabe a nosso respeito, desde o nascimento até a morte, portanto sabe o que nos aconteceu e o que nos acontecerá. Pois bem, isso significa necessariamente que Deus TOMA PROVIDÊNCIAS para que um mal nos aconteça ? O fato de Deus nos conceder o livre-arbítrio, já resulta que boa parte do que nos sucede é resultado daquilo que praticamos, cuja origem, é lógico, deve-se aos planos elaborados em nossa mente, a qual, muitas vezes é influenciada por Espíritos bons ou maus. Se tivermos boa índole, atrairemos Bons Espíritos, do contrário ...

Mas daí, poderia se dizer : Ora, se um espírito de baixa evolução nos influenciou para a prática do mau é porque Deus assim o quis, para que, indiretamente, resultasse em algum tipo de aproveitamento e aprendizado. Com isso, estaria certo dizer que tudo vem de Deus, inclusive o mal, não é mesmo ?

Por oportuno, permita-me reproduzir uma parte da sua mensagem :

"...Como você disse, muito bem dito, os acontecimentos dos EUA tiveram origem nos interesses políticos e pessoais que levam ao sentimento do domínio, orgulho, avareza, ignorância, etc. Mas não foram executados pelo livre arbítrio na sua forma pelos terroristas, mas sim seguindo inspiração espiritual de Deus para que se fosse feita a justiça."

É nesse momento que eu lembro uma passagem do Evangelho :

"..que venham escândalos ; MAS, AI DO HOMEM POR QUEM O ESCÂNDALO VENHA." - S.Mateus, Cap. XVIII, vv. 6 a 11, Cap. V, vv. 29 e 30. ( Destaque nosso ).

Será, então, que Deus manipula ( através de espíritos ) voluntariamente as pessoas, para praticarem o mal, para depois castigá-las ?

Você bem disse : "...Assim, a Lei do Equilíbrio Universal fica assegurada. Na verdade, então, o pensamento induzido que leva a um ato já esperado, é um merecimento pelo sentimento que nutrimos. Este merecimento pode ser resultado de um sentimento nutrido no minuto anterior, na hora anterior, no dia anterior ou ainda de encarnações remotas."

Nesse particular, concordamos sem restrições : O SENTIMENTO QUE NUTRIMOS É A ORIGEM DE TUDO ! Ora, mas de que é a culpa pelo sentimento que NÓS nutrimos ? De Deus ??? Ou de NÓS mesmos ? ? ?

Daí para frente, acredito que Você esteja inteiramente certo ! Deus permite que espíritos inferiores nos induzam à conclusão do mal, como foi o atentado terrorista nos E.U.A. Mas TODA a origem do mal deu-se nos pensamentos que NÓS CULTIVAMOS, daí a NOSSA ( e não de Deus ) responsabilidade. Senão, o livre-arbítrio, o qual é um dom de Deus, não teria a menor função, ou seja, simplesmente não existiria, já que tudo SERIA manipulado por Deus, INCLUSIVE O MAL !!!

Continuemos com os ensinamentos Bíblicos, retirados do Evangelho segundo o Espiritismo, Cap XVIII, 13, 14, 16 e 17 :

13. "...É preciso que haja escândalo no mundo, disse Jesus, porque, imperfeitos como são na Terra, os homens se mostram propensos a praticar o mal, e porque, árvores más, só maus frutos dão. Deve-se, pois, entender por essas palavras que o mal é uma consequência da imperfeição dos homens E NÃO QUE HAJA, PARA ESTES, A OBRIGAÇÃO DE PRATICÁ-LO.

14. "...14. É necessário que o escândalo venha, porque, estando em expiação na Terra, OS HOMENS SE PUNEM A SI MESMOS pelo contacto de seus vícios, CUJAS PRIMEIRAS VÍTIMAS SÃO ELES PRÓPRIOS e cujos inconvenientes acabam por compreender. Quando estiverem cansados de sofrer devido ao mal, procurarão remédio no bem. A reação desses vícios serve, pois, ao mesmo tempo, de castigo para uns e de provas para outros. E assim que do mal tira Deus o bem e que os próprios homens utilizam as coisas más ou as escórias.

16. Mas, ai daquele por quem venha o escândalo. Quer dizer que o mal sendo sempre o mal, aquele que a seu mau grado servir de instrumento à justiça divina, AQUELE CUJOS MAUS INSTINTOS FORAM UTILIZADOS, nem por isso deixou de praticar o mal e de merecer punição. Assim é, por exemplo, que um filho ingrato é uma punição ou uma prova para o pai que sofre com isso, porque esse pai talvez tenha sido também um mau filho que fez sofresse seu pai. Passa ele pela pena de talião. Mas, essa circunstância não pode servir de escusa ao filho que, a seu turno, terá de ser castigado em seus próprios filhos, ou de outra maneira.

17. Se vossa mão é causa de escândalo, cortai-a. Figura enérgica esta, que seria absurda se tomada ao pé da letra, E QUE APENAS SIGNIFICA QUE CADA UM DEVE DESTRUIR EM SI TODA A CAUSA DE ESCÂNDALO, isto é, de mal ; ARRANCAR DO CORAÇÃO TODO O SENTIMENTO IMPURO E TODA A TENDÊNCIA VICIOSA. Quer dizer também que, para o homem, mais vale ter cortada uma das mãos, antes que servir essa mão de instrumento para uma ação má ; ficar privado da vista, antes que lhe servirem os olhos para conceber maus pensamentos. Jesus nada disse de absurdo, para quem quer que apreenda o sentido alegórico e profundo de suas palavras.

OBS : Todos os segmentos em maiúsculas e negritos foram destaques feitos por mim.

Volto a reproduzir a advertência de Cristo : "..que venham escândalos ; MAS, AI DO HOMEM POR QUEM O ESCÂNDALO VENHA." Firmino, acredito, na minha humilde condição de réprobo, que Deus não pode ser a causa e nem a origem do mal. Creio que SÓ APÓS darmos curso a pensamentos impuros, é que se opera a Lei Universal, a qual faz de nós instrumentos de justiça para o reequilíbrio da convivência entre os povos. Sim amigo, repito : A origem de tudo partiu do NOSSO livre-arbítrio que desencadeia todo o processo que já conhecemos. Deus, através dos espíritos, só age para dar prosseguimento a todos os acontecimentos que nos abalam, APÓS VERIFICAR QUE ESSE OU AQUELE INDIVÍDUO JÁ POSSUÍA PROPENSÃO PARA O MAL.

Que Deus permita que a Sua Luz toque nossos Espíritos, para assim nos conceder o entendimento verdadeiro da Sua Excelsa Justiça.

Abraços,

Jefferson














A Fé raciocinada e a Fé cega. O que significam ?


Padre Quevedo : Os seus Livros seriam os melhores do mundo ???


Assista o Vídeo : O Vaticano já admite a comunicação com os Espíritos !!!


A lógica do Espiritismo frente à parapsicologia arcaica do Sr. Quevedo


Enfoques Religiosos e Científicos sobre a existência de Adão e Eva


Católicos e Protestantes expõem seus argumentos contra o Espiritismo


Os originais em Hebraico e as divergências com as Bíblias atuais


Antigamente, a Igreja Católica aceitava a Reencarnação ...


Você sabia disso ???


PARA TOMAR CONHECIMENTO DESSES ASSUNTOS E MUITOS OUTROS, CLIQUE NO QUADRO ABAIXO :



Free Web Hosting